Após gol no Morumbi, Talisca diz que crise política do Bahia não afeta time

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Clube baiano teve presidente deposto, mas jogador garante foco dentro de campo

São Paulo e Bahia se encontraram no Morumbi nesta quarta-feira vivendo momentos conturbados nos bastidores. Enquanto os paulistas aguardam a definição do novo treinador da equipe, os baianos viram Marcelo Guimarães Filho ser deposto da presidência, nada que abalasse o comprometimento dos comandados de Cristóvão Borges.

Comente esta notícia com outros torcedores

Não só o foco do Bahia não foi afetado, como ainda conseguiu tirar proveito da má fase dos são-paulinos. Mesmo após sair atrás com o gol de Aloísio, o Bahia empatou com Anderson Talisca, viu o São Paulo ficar com dois a menos com as expulsões de Luis Fabiano e Clemente Rodríguez e virou com Fahel nos minutos finais.

"Sabíamos que a situação deles está muito difícil, o grupo sabia que o São Paulo ia para cima e soubemos controlar isso para sair com os três pontos daqui do Morumbi. Estamos vivendo um pouco de complicação com isso (presidente deposto), mas nada disso irá tirar o foco do grupo no Campeonato Brasileiro", afirmou Talisca.

Para espantar de vez a crise, o Bahia terá mais um time paulista pela frente. O elenco sequer retorna a Salvador e encara a Ponte Preta neste sábado às 21 horas (de Brasília). A partida será realizada no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, válida pela sétima rodada da competição - o jogo com o São Paulo é antecipado da 11ª.


* Com Gazeta Esportiva

Leia tudo sobre: bahiaanderson taliscabrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas