Tamanho do texto

Fabrício estava encostado há dois meses. Em 10 de maio, após a eliminação na Copa Libertadores, ele e mais seis jogadores foram liberados para acertar com outras equipes

Fabrício deve ganhar espaço com Autuori
Site oficial
Fabrício deve ganhar espaço com Autuori

Menos de uma semana depois da demissão do técnico Ney Franco, o veterano volante Fabrício está de volta ao grupo principal do São Paulo . A reintegração do jogador foi um pedido do novo treinador, Paulo Autuori.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Ele solicitou que fosse feita a reintegração", confirmou o diretor de futebol, Adalberto Baptista, na tarde desta quinta-feira. "Nós dois tivemos uma conversa com o Fabrício, e ele já treina com o grupo".

Fabrício estava encostado há dois meses. Em 10 de maio, após a eliminação na Copa Libertadores, ele e mais seis jogadores foram liberados para acertar com outras equipes. Daquela lista, apenas o volante não definiu um novo rumo, justamente por acreditar que teria nova oportunidade se Ney Franco não seguisse no cargo.

Leia mais: ‘Não vim para ser amado, vim para ser campeão’, diz Autuori

O aproveitamento do jogador é também mais um indício de que o clube deve negociar Wellington para o futebol europeu. Além de Fabrício e do prata da casa que pode sair na janela de transferências, a posição conta atualmente com Denilson, Rodrigo Caio e João Schmidt como homens de ofício. Quando necessário, o meia Maicon costuma ser improvisado na função.

No período em que esteve afastado, Fabrício fez trabalhos com o preparador físico Sérgio Rocha, em horários alternativos no CT da Barra Funda. Ainda não é possível saber, porém, em que estágio físico ele se encontra atualmente.