Técnico disse que só deixará o Heriberto Hülse se a diretoria do Criciúma não o quiser mais

Vadão comanda treino do Criciúma
Fernando Ribeiro/Criciuma E.C.
Vadão comanda treino do Criciúma

Em entrevista coletiva, Vadão, técnico do Criciúma, revelou ter sido procurado por alguns clubes durante o recesso da Série A do Campeonato Brasileiro. Contudo, o comandante garantiu que a prioridade é ficar no time catarinense.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Fui procurado por dois clubes no intervalo para a Copa das Confederações. Agora não mais. Não vou falar o nome dos dois clubes até porque já tem gente empregada. A minha prioridade segue sendo o Criciúma", disse o treinador.

Três clubes grandes do futebol brasileiro estão sondando treinadores: Santos, São Paulo e Vasco. Apesar disso, o treinador disse que só deixará o Heriberto Hülse se a diretoria não o quiser mais."Sei que tem uma especulação do meu nome, mas ninguém fez proposta. Não existe nada. Quero e vou permanecer no Criciúma. Ainda bem que o time não mexeu no treinador também", falou o técnico em tom cômico.

Leia mais: Vadão reclama de marcação, mas evita falar em mudanças na defesa

Garantido no Criciúma, Vadão já começa a pensar na equipe que vai a campo no próximo domingo para enfrentar o Goiás pela sétima rodada da Série A. O comandante do Tigre admitiu que não ficou satisfeito com a postura do time na derrota para o Atlético-MG, por isso o treinador poderá fazer alterações entre os titulares.

Abrindo a zona de rebaixamento, o Criciúma é o 17º colocado, com apenas seis pontos e duas vitórias em seis jogos. A partida contra o time goiano no estádio Heriberto Hülse, às 18h30 (de Brasília), é a chance do Tigre sair da degola com o apoio da torcida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.