Técnicos elogiam Arena Pernambuco, mas lamentam clássico fora do Rio

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A escolha do local da partida, a mais de dois mil quilômetros da capital carioca também agradou a alguns torcedores

Anderson Stevens/Photocamera
Fred em ação pelo Flu na Arena Pernambuco

O clássico entre Botafogo e Fluminense, disputado neste domingo, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, gerou muita polêmica antes mesmo de acontecer. A escolha do local da partida, a mais de dois mil quilômetros da capital carioca, revoltou, mas também agradou a alguns torcedores.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Após o confronto, que acabou com vitória botafoguense por 1 a 0, os dois técnicos se manifestaram, elogiando o estádio, mas também criticando o fato de o clássico ter ocorrido fora do Rio de Janeiro.

"Tem dois lados: Um é que você pode proporcionar ao torcedor local assistir a um clássico carioca. Mas o outro é totalmente ruim. É estranho ver um Botafogo e Fluminense fora do Rio de Janeiro. Os times cariocas com exceção do Vasco, não têm casa. Acontece tudo aquilo que temos que fazer quando jogamos fora de casa. Realmente é ruim, mas logo o Maracanã vai estar disponível", afirmou Abel Braga, que ainda não se privou de exaltar as qualidades da nova Arena."Esse estádio é lindo, fantástico. A acomodação, logística, infraestrutura são excepcionais. Não faltou nada", disse.

Leia mais: Oswaldo ressalta importância psicológica de vitória sobre o Fluminense

Oswaldo de Oliveira adotou o mesmo discurso e elogiou as dependências do estádio pernambucano. "Pelas condições que nós tivemos em Recife, acho maravilhoso termos condições de jogar em um estádio como este. O que o palco proporcionou às duas equipes foi inestimável", afirmou.

No entanto, o técnico botafoguense também criticou a escolha da partida fora do Rio de Janeiro. "Eu só lamento ter disputado essa partida aqui, porque as duas torcidas perderam a oportunidade de ver um jogo desta qualidade na nossa cidade, que é a nossa verdadeira casa", afirmou.Um dos estádios nordestinos para a Copa do Mundo de 2014, a Arena Pernambuco foi escolhida como palco do clássico entre Botafogo e Fluminense, porque os dois principais estádios da capital carioca estão impossibilitados de receber partidas.

O Maracanã ainda está à disposição dos organizadores da Copa das Confederações, e o Engenhão foi interditado após problemas na cobertura. Assim, sobrou às duas equipes atuarem no Nordeste em busca de grande público e renda, o que, neste domingo, não aconteceu - o jogo teve 7.882 pessoas e renda de R$ 368.550.

Leia tudo sobre: Arena PernambucoFluminenseBotafogobrasileirão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas