O volante, que estava na mira da Portuguesa, pode ser beneficiado com a possível saída de Wellington para o exterior

A demissão do técnico Ney Franco pode fazer o volante Fabrício ser reintegrado ao elenco do São Paulo. O jogador só foi incluído na lista de excluídos do grupo principal por opção do treinador e, por isso, o vice-presidente de futebol são-paulino, João Paulo de Jesus Lopes, reconhece que o futuro comandante terá liberdade para decidir se trabalha ou não com o meio-campista.

Milton Cruz acha que o São Paulo "não precisa de tratamento de choque"

"Há jogadores que o São Paulo tem variedade em algumas posições, como são os casos de Cañete, Fabrício... Naquele momento, a comissão técnica nos solicitou trabalhar com elenco mais reduzido para ter mais tranquilidade. Se a nova comissão entender que precisa dos jogadores, eles deverão voltar. Não é questão da diretoria, é de competência técnica", afirmou o dirigente.

Fabrício pode voltar ao São Paulo
Gazeta Press
Fabrício pode voltar ao São Paulo

O afastamento de sete jogadores foi anunciado pelo presidente Juvenal Juvêncio depois da eliminação na Copa Libertadores da América. Do grupo, cinco já foram cedidos a outras equipes: Cañete (Portuguesa), Henrique Miranda (Figueirense), Wallyson (Bahia) e João Filipe e Luiz Eduardo (ambos para o Náutico).

Assim, apenas Cortez e Fabrício permanecem nos trabalhos separados. O lateral esquerdo, porém, tem menos chance de ser reintegrado, pois despertou o interesse de várias equipes e o setor está inchado no elenco principal do Morumbi. O Tricolor contratou o argentino Clemente Rodríguez para a posição e ainda tem Juan e Reinaldo, além de Carleto, que se recupera de cirurgia.

Já Fabrício, que estava na mira da Portuguesa, pode ser beneficiado com a possível saída de Wellington para o exterior. A própria diretoria confirmou que há uma "forte possibilidade" de o garoto se transferir. O auxiliar Milton Cruz deve ter uma conversa com os dirigentes do departamento de futebol nesta segunda-feira, para traçar os planos deste início de semana, e o nome do meio-campista será abordado.

Porém, existe a possibilidade de a diretoria adiar a decisão sobre o volante para depois da chegada do novo comandante. Com Wellington e Denilson suspensos para a próxima rodada do Brasileirão, a dupla de volantes contra o Bahia pode ser formada então por Rodrigo Caio e Maicon.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.