Com os dois gols que marcou na vitória por 4 a 0 sobre o Oeste, volante soma cinco em 19 partidas disputadas desde que chegou ao Palmeiras

Charles, volante do Palmeiras
RENATO SILVESTRE/Gazeta Press
Charles, volante do Palmeiras

A capacidade de aproveitar os espaços na frente para aparecer no ataque fazendo gol fez de Charles um volante artilheiro no Palmeiras , com cinco gols em 19 jogos. Uma característica que gerou comparações que ele mesmo admitiu existir com Paulinho, titular da seleção brasileira que acaba de trocar o Corinthians pelo Tottenham, da Inglaterra. Mas o palmeirense limita as semelhanças.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"São bem parecidas as formas de jogar, somos segundo volantes. Mas não tem comparação", indicou o camisa 28 do time de Gilson Kleina. "Fico feliz porque o Paulinho é excelente, é um grande jogador, mas ele tem a história dele e estou construindo a minha no Palmeiras."

E a trajetória do jogador emprestado pelo Cruzeiro até o fim do ano tem sido positiva. Como Paulinho no Corinthians, Charles também balançou as redes em momentos decisivos: os gols contra Tigre e Libertad classificaram o Palmeiras para as oitavas de final da Libertadores. Todos em jogadas de inteligência tática para ir à frente.

"Gol é consequência, até porque não é a minha função. Se pintar a oportunidade, lógico que tenho que botar para dentro, mas a prioridade é defender bem e, quando o time tiver a posse de bola, sair com qualidade", explicou o meio-campista, que também balançou as redes saindo do banco para completar a goleada sobre o Guarani no Campeonato Paulista.

Na Série B do Brasileiro, os dois primeiros gols de Charles ocorreram no sábado, e foram os dois últimos da vitória por 4 a 0 sobre o Oeste. Cada um deles gerou emoção diferente em seu autor. No primeiro, ele diz que previu o que Valdivia faria e acompanhou a jogada desde o passe preciso do chileno para Leandro, que só rolou para Charles escorar no gol vazio.

"Com todo o respeito à equipe do Oeste, foi fácil. Foi um gol de rachão, tocando na cara do gol. Mas, apesar de fácil, foi importante", relatou Charles, que selou o placar aproveitando de primeira um rebote após cobrança de escanteio. "O segundo foi bonito, eu já tinha feito um parecido no Cruzeiro. E também foi um gol importante", ressaltou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.