"Merecimento tem aquele que botou a bola para dentro e não sofreu nenhum", disse o treinador sobre o resultado do clássico

A derrota do Fluminense para o Botafogo , neste domingo, na Arena Pernambuco não sairá tão cedo da cabeça de Abel Braga. Em entrevista coletiva após o 1 a 0, o treinador reconheceu que o Tricolor jogou melhor, mas ressaltou que o Alvinegro mereceu o resultado.

Leia mais: Seedorf decide o clássico e coloca o Botafogo na liderança

"Valia a liderança. Fizemos uma boa partida, mas não vencemos, essa é a verdade do confronto. Saímos tristes porque criamos mais situações de gol", disse o técnico, antes de acrescentar: "Mas no futebol não tem esse negócio de injustiça. Merecimento tem aquele que botou a bola para dentro e não sofreu nenhum".

Como Abel lembrou, a partida disputada no Nordeste valia a liderança do Campeonato Brasileiro. Quem vencesse assumiria a ponta da tabela. O Fluminense foi superior no primeiro tempo, criando boas oportunidade de gol, principalmente pelo lado direito.

Na segunda etapa, o Tricolor caiu de rendimento, passou a ser ameaçado e continuou a depender somente das investidas de Bruno. No geral, Carlinhos, uma das principais armas ofensivas do time, não apareceu.

Após o jogo, Abel preferiu elogiar a marcação alvinegra a criticar a atuação do lateral esquerdo. "Nós mesmos tiramos o espaço do Carlinhos. O Botafogo teve uma preocupação nítida em fechar nosso lado esquerdo, e fomos muito bem pela direita. O Bruno fez uma de suas melhores partidas, mas perdemos muitas chances na frente do goleiro", afirmou.

Nos 45 minutos finais, o Fluminense ainda teve uma chance de sair na frente logo no início. Aos três minutos, Rafael Sobis invadiu a área, tentou driblar Jefferson e foi derrubado pelo goleiro. O time reclamou de pênalti, que não foi assinalado pelo árbitro Wagner Magalhães. O lance poderia ter mudado o resultado da partida.

"Acho que foi pênalti, sim. Não do Jefferson, e sim do Dória. Ele empurrou o Sobis por trás. O Jefferson saiu visando a bola", analisou Abel.

Com a derrota por 1 a 0, sofrida após gol de Seedorf aos 38 minutos do segundo tempo, o Fluminense, que poderia subir à liderança do Brasileiro, termina a sexta rodada da competição no quarto posto, a quatro pontos do Botafogo.

Na próxima semana, o Tricolor encara o Internacional, sexto colocado com a mesma pontuação, no estádio Moacyrzão, em Macaé (RJ), sábado, às 18h30 (de Brasília). Se vencer, o time comandado por Abel Braga pulará para a vice-liderança do Brasileirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.