Após estreia, comissão técnica mantém projeção graduada de Mendieta

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia paraguaio jogou por cerca de 20 minutos em sua estreia e deixou boas impressões no Palmeiras

Na vitória por 4 a 0 sobre o Oeste, em Presidente Prudente, foi possível ver os primeiros 20 minutos de Mendieta como jogador do Palmeiras. E o meia deixou boas impressões, movimentando-se em busca de espaço, mostrando bom posicionamento e quase marcando um gol. Mas sua utilização será graduada, como programou a comissão técnica.

Leia mais: Valdivia decide, e Palmeiras faz 4 a 0 no Oeste com gols de Leandro e Charles

Divulgação/Agência Palmeiras
Mendieta, novo meia do Palmeiras

"Às vezes, ele precisa de um tempo para melhorar tudo, acabou de sair do país dele. Mas, à medida que for entrando, aos poucos, com certeza vai melhorar", disse o auxiliar Juninho, responsável por colocá-lo em campo, já que Gilson Kleina cumpriu suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por suas reclamações na derrota para o Sport.

Com a camisa 8, Mendieta entrou sob aplausos, mas todos foram destinados a Valdivia, melhor jogador da partida. O paraguaio, contudo, desperta expectativa da torcida e fará na sexta-feira, contra o ABC, seu primeiro jogo pelo clube na capital paulista, no Pacaembu.

A esperança do próprio meio-campista é de que a satisfação seja similar à sentida na sua estreia. "Foi um jogo muito bonito, e com o time ganhando. Isso que é muito importante. Estou feliz por estrear e pelo resultado. Obrigado à torcida por nos apoiar", declarou Mendieta.

A comissão técnica o projeta como titular em breve. Mas sempre pedindo calma. "Ele está mudando de ambientes, fazendo trabalhos bem diferentes do que fazia no Paraguai. Ele falou isso para nós. Lá, não faziam tanto trabalho de força e em campo reduzido como eu, o Gilson e o Jair exigimos dos jogadores", contou Juninho.


Leia tudo sobre: mendietapalmeirasigspsérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas