Tartá aposta em relação com o treinador para deslanchar no Goiás

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O jogador de 24 terá a oportunidade de trabalhar novamente com Enderson Moreira, que integrava a comissão técnica do Flu nos tempos em que esteve nas Laranjeiras

Quando apareceu no time profissional do Fluminense em 2008, Tartá era apontado como uma das grandes promessas do futebol brasileiro. O meia-atacante por pouco não viu o Tricolor vencer a Copa Libertadores da América, mas depois sofreu para evitar o rebaixamento no ano seguinte. Sem conseguir se firmar, foi emprestado para outras equipes e agora tenta a sorte no Goiás.

No Esmeraldino, o jogador de 24 terá a oportunidade de trabalhar novamente com Enderson Moreira, que integrava a comissão técnica do Flu nos tempos em que esteve nas Laranjeiras. E é justamente pela boa relação com o treinador do novo clube que Tartá aposta em redenção a partir desta temporada.

Site oficial
Tartá foi apresentado no Goiás

"O Enderson, melhor do que ninguém, sabe como eu jogo, já trabalhamos juntos. Ainda não conversamos sobre posicionamento, mas já fiz mais o meio de campo, já atuei mais avançado, já joguei aberto pelas pontas acompanhando os laterais. Do que ele precisar, terá todo meu empenho, independente da posição", garantiu, durante sua apresentação oficial.

Depois de passar por Atlético-PR, Vitória e Kashima Antlers-JAP, a cria de Xerém chegou ao Criciúma no início deste ano, mas não encontrou espaço no esquema armado por Vadão. Reconhecendo que não correspondeu às expectativas do início da carreira, Tartá vê no Goiás o time ideal para mudar o cenário.

"A cobrança é gostosa. Todo profissional quer estar em um lugar assim, onde você é cobrado e exigido para ultrapassar barreiras e crescer profissionalmente. O Goiás é maior do que todos os meus próprios objetivos. A mentalidade é de coisas grandiosas, do tamanho do Goiás. Venho para agregar nesses objetivos", projetou.

Leia tudo sobre: tartágoiásbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas