Tamanho do texto

Atacante será escalado como titular contra o Bahia e recebeu a garantia de que não levará bronca se arrumar problemas com o árbitro na partida

Alexandre Pato, atacante do Corinthians
Miguel Schincariol/Gazeta Press
Alexandre Pato, atacante do Corinthians

Os gols perdidos dificultam menos a vida de Alexandre Pato no Corinthians do que seu comportamento em campo. Guerrero estava em jejum parecido até a última quarta-feira, mas continuou sendo escalado por Tite e ganhando apoio da torcida pelo espírito de luta e pela participação constante nos jogos.

As lesões de Danilo, Douglas e Emerson agora voltaram a abrir espírito para o jovem camisa 7. Ele será titular contra o Bahia no domingo e, como incentivo para aliar briga à qualidade técnica, recebeu a garantia de que não levará bronca se arrumar problemas com o árbitro na partida.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu falei: ‘Está liberado, pode fazer três faltas por jogo e levar cartão amarelo’. Disse que ele não tenha a preocupação de machucar ninguém, porque competir é da vida. Os trabalhos estão em escala progressiva de competitividade. Ele treina com intensidade", afirmou o treinador.

Na última palestra com os jogadores, Tite procurou reiterar a Pato qual é a principal característica de sua equipe. Sabendo que Ibson já havia manifestado sua impressão forte sobre a intensidade nos treinos do Corinthians, o gaúcho se fez de bobo e perguntou quem era o mais recente contratado do clube.

Quando os atletas responderam o nome de Ibson, o técnico perguntou ao carioca o que mais lhe chamara a atenção. "Eu sabia a resposta que teria. Ele falou na competitividade. É isso o que buscamos sempre, é essa a marca dos nossos trabalhos", contou o chefe.

Essa participação maior será exigida de Pato na Fonte Nova porque ele atuará aberto pela esquerda no 4-2-3-1 alvinegro, não pelo meio, como na maioria das vezes em que atuou. O jogador procurou o comandante e se disse capaz de fazer a função, que exige mínimo esforço no acompanhamento do lateral direito adversário. Faltas estão liberadas.

*Com Gazeta