Para deixar Pato com cara do Corinthians, Tite o libera para faltas e cartões

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante será escalado como titular contra o Bahia e recebeu a garantia de que não levará bronca se arrumar problemas com o árbitro na partida

Miguel Schincariol/Gazeta Press
Alexandre Pato, atacante do Corinthians

Os gols perdidos dificultam menos a vida de Alexandre Pato no Corinthians do que seu comportamento em campo. Guerrero estava em jejum parecido até a última quarta-feira, mas continuou sendo escalado por Tite e ganhando apoio da torcida pelo espírito de luta e pela participação constante nos jogos.

As lesões de Danilo, Douglas e Emerson agora voltaram a abrir espírito para o jovem camisa 7. Ele será titular contra o Bahia no domingo e, como incentivo para aliar briga à qualidade técnica, recebeu a garantia de que não levará bronca se arrumar problemas com o árbitro na partida.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu falei: ‘Está liberado, pode fazer três faltas por jogo e levar cartão amarelo’. Disse que ele não tenha a preocupação de machucar ninguém, porque competir é da vida. Os trabalhos estão em escala progressiva de competitividade. Ele treina com intensidade", afirmou o treinador.

Na última palestra com os jogadores, Tite procurou reiterar a Pato qual é a principal característica de sua equipe. Sabendo que Ibson já havia manifestado sua impressão forte sobre a intensidade nos treinos do Corinthians, o gaúcho se fez de bobo e perguntou quem era o mais recente contratado do clube.

Pato fez seu primeiro jogo pelo Corinthians em fevereiro, contra Oeste, e marcou gol. Foto: Daniel Augusto Jr/Agência CorinthiansPato lamenta gol perdido no empate contra o Botafogo de Ribeirão Preto. Foto: Gazeta PressPato no Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Ag. CorinthiansPato será opção no banco. Paulinho começa o jogo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansChicão, Pato, Alessandro, Cássio, Danilo Fernandes e Gil no avião que leva a delegação corintiana para Bogotá. Foto: Reprodução/InstagramAlexandre Pato celebra gol da virada do Corinthians. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressDia da Síndrome de Down no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPoupado por Tite, Pato acompanha jogo com a namorada Barbara Berlusconi. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressA bola passa por Pato dentro da área e o atacante lamenta. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato comemora o primeiro gol do Corinthians contra o Tijuana. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato está confiante para duelo contra o Tijuana. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato é atendido depois de sentir dores no tornozelo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO médico e o fisioterapeuta do Corinthians analisam o tornozelo de Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEdu Dracena tenta parar Alexandre Pato durante o clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato parte para cima de Léo durante clássico de Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansParceiros de seleção nas Olimpíadas de 2012, Neymar e Pato se reencontraram no clássico entre Santos e Corinthians no Morumbi. Foto: Gazeta PressPato conduz a bola e é acompanhado por Edu Dracena. Foto: Gazeta PressPato posa para foto com Leandrinho, que trata de lesão no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato comemora o segundo gol do Corinthians diante do Millonarios. Foto: APAlexandre Pato tenta driblar goleiro do Bragantino. Foto: Gazeta PressPato celebra gol em sua estreia pelo Corinthians. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato treina forte para o Paulistão. Foto: Agência CorinthiansPato chegou ao Corinthians nesta temporada. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato deixou o estilo adolescente e adotou cabelo mais maduro para jogar no Corinthians. Foto: MontagemFoto de ensaio feito pelo Corinthians com seu mais novo contratado: Alexandre Pato. Foto: Agência CorinthiansEsta foto deixa claro que o Corinthians também vai explorar o lado galã do jogador. Foto: Divulgação/CorinthiansAtacante assinou por quatro anos com o clube. Foto: Divulgação/CorinthiansO atacante vai vestir a camisa 7 do Corinthians. Foto: Divulgação/CorinthiansPato com máscara, que, segundo o clube, identifica os contaminados pela paixão. Foto: Divulgação/CorinthiansAlexandre Pato posa para o site do Corinthians. Foto: Reprodução/Site do CorinthiansAlexandre Pato apareceu para o futebol no Internacional em 2006, aos 17 anos. Foto: Divulgação/Site oficial do InterCom o clube gaúcho, Pato foi campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2006. Foto: AFPAtacante brasileiro chegou ao Milan em 2007. Foto: Getty ImagesMelhor desempenho de Pato no Milan foi na temporada 2008/09, quando fez 18 gols. Foto: AFPAlexandre Pato comemora gol pela seleção. Atacante disputou a Copa América de 2011. Foto: ReutersPato também fez parte da seleção na campanha nas Olimpíadas de Londres, que terminou com a medalha de prata. Foto: Mowa PressPato comemora com o zagueiro Thiago Silva gol do Milan. Foto: AFPPato desperdiça pênalti em jogo do Milan. Foto: Getty ImagesAlexandre Pato fez apenas 25 jogos nas últimas duas temporadas pelo Milan, tendo marcado seis gols. Foto: Getty ImagesMilan aceitou proposta do PSG por Pato no início de 2012, mas atacante não aceitou a transferência. Foto: Reuters

Quando os atletas responderam o nome de Ibson, o técnico perguntou ao carioca o que mais lhe chamara a atenção. "Eu sabia a resposta que teria. Ele falou na competitividade. É isso o que buscamos sempre, é essa a marca dos nossos trabalhos", contou o chefe.

Essa participação maior será exigida de Pato na Fonte Nova porque ele atuará aberto pela esquerda no 4-2-3-1 alvinegro, não pelo meio, como na maioria das vezes em que atuou. O jogador procurou o comandante e se disse capaz de fazer a função, que exige mínimo esforço no acompanhamento do lateral direito adversário. Faltas estão liberadas.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: Alexandre PatoTiteCorinthians

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas