Segundo o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, o jogador também aceitou uma redução salarial para voltar para o Santos

Robinho comemora gol do Milan
AP
Robinho comemora gol do Milan

A volta de Robinho ao Santos parece ter ficado um pouco mais próxima nesta sexta-feira. De acordo com o jornal italiano Corriere dello Sport , o Milan aceitou diminuir o valor para que o atacante seja liberado, o que deixou as negociações com o Peixe em estado "avançado", nas palavras do próprio jornal.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Enviamos nossa última proposta ao Santos nessa quinta. O jogador também aceitou uma redução salarial", disse o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani.

Anteriormente, o clube rossonero afirmou que só estava disposto a se desfazer do jogador mediante um pagamento de 10 milhões de euros (pouco mais de R$ 29 milhões). Agora, segundo o Corriere dello Sport , o Milan aceita liberar o jogador por um valor entre 8 e 8,5 milhões de euros (R$ 23,2 milhões e R$ 24,7 milhões, respectivamente). "Se ele for embora, contrataremos um segundo atacante", completou Galliani.

O alto valor solicitado inicialmente pelo italianos era um dos principais empecilhos da negociação, ao lado do próprio salário recebido por Robinho no Milan. A contratação do atacante, atualmente com 29 anos, é um maiores desejos da diretoria santista para suprir a venda de Neymar ao Barcelona.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.