Seus dois irmãos, o pai de Neymar e os filhos do zagueiro Mario Yepes foram impedidos de ficarem no estádio peruano para acompanhar a partida

Conhecido por seu jeito tranquilo, o argentino Lionel Messi pode ter se irritado durante o amistoso contra Neymar, na noite desta terça-feira, no Peru. De acordo com o jornal catalão Mundo Deportivo , o dono da festa teria deixado o campo do Estádio Nacional de Lima revoltado com a maneira como seus irmãos e o pai de Neymar foram tratados no evento.

Neymar faz golaço do meio de campo, mas perde para Messi em amistoso

Capitão da equipe que venceu o jogo beneficente por 8 a 5, Messi foi substituído aos 20 minutos do segundo tempo. Escoltado pela polícia, o argentino sequer sentou no banco de reservas e se dirigiu aos vestiários do estádio.

Neymar e Messi foram os capitães do amistoso
Getty Images
Neymar e Messi foram os capitães do amistoso

Segundo a publicação, o craque do Barcelona não tomou banho e se retirou imediatamente das imediações do evento. O motivo, de acordo com o periódico, foi o fato de seus dois irmãos, o pai de Neymar e os filhos do zagueiro Mario Yepes terem sido impedidos de ficarem no estádio para acompanhar a partida.

Messi pede para Neymar repetir o futebol da seleção brasileira no Barcelona

O italiano Fábio Capello, atual treinador da seleção russa e comandante do time de Messi no amistoso desta terça, teria pedido para que qualquer familiar fosse retirado do banco de reservas, local em que eles estavam. Segundo o RPP Notícias , no entanto, os seguranças agiram de maneira mais ríspida e retiraram-nos do estádio.

De acordo com o canal, Messi pediu para ser substituído assim que soube do ocorrido, abandonado o amistoso e deixando o Estádio Nacional de Lima sem se despedir de ninguém.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.