Luan curte a titularidade no Cruzeiro, mas reconhece concorrência

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A lesão da dupla ofensiva formada por Borges e Dagoberto facilitou a missão de Luan para assumir a condição de titular

Vipcomm
Luan treina no Cruzeiro

A intertemporada do Cruzeiro nos Estados Unidos rendeu a titularidade para o atacante Luan, que espera ter um crescimento maior com a sequência de jogos, para seguir agradando ao técnico Marcelo Oliveira. Luan acredita que o fato de ajudar na marcação e de participar durante todo o tempo dos jogos pesou na decisão do treinador.

"Gosto de ajudar o ataque e até mesmo a defesa. Participo bastante dos jogos. É importante até mesmo para ajudar um pouco os laterais, que, de vez em quando, ficam no dois contra um e é difícil para eles. Eu gosto de fazer essa função e tenho certeza que a tendência é só melhorar", declarou.

A lesão da dupla ofensiva formada por Borges e Dagoberto facilitou a missão de Luan para assumir a condição de titular, mas quando os dois atletas forem liberados a disputa pelas vagas no ataque será bastante acirrada. "Tem que manter o foco para a gente poder ficar de titular, mas sabendo que, se vacilar, o time do Cruzeiro tem um grande elenco e a qualquer momento você pode perder a vaga", disse.

Além de Borges e Dagoberto, o técnico Marcelo Oliveira conta com Anselmo Ramon e o jovem Vinícius Araújo como opções ofensivas. Apesar da concorrência, Luan tem saído na frente, já que o treinador celeste tem elogiado constantemente o jogador. "Achei que o Luan já encaixou bem no nosso propósito e fez o nosso time mais competitivo. Pode ser até que a gente tenha perdido tecnicamente e em criatividade, mas ele é um jogador muito tático, que representa muito no jogo atual", comentou Marcelo Oliveira.

Leia tudo sobre: CruzeiroLuan

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas