Jogador foi apresentado no time paulista na segunda-feira e evitou projeções para temporada

Alan Kardec chegou ao Palmeiras na segunda-feira
Mauro Horita/Agif/Gazeta Press
Alan Kardec chegou ao Palmeiras na segunda-feira

Alan Kardec se apresentou no Palmeiras assumindo a responsabilidade de ser a referência no ataque, mas sem definir quantos gols fará e nem mesmo quando começará a colocar em prática a sua promessa. O atacante emprestado até 30 de junho pelo Benfica acaba de terminar suas primeiras férias em um ano e meio e, por isso, prefere ser cauteloso quanto à sua estreia.

Alan Kardec foi uma boa escolha do Palmeiras? Comente com outros leitores

"Ainda não estou à disposição porque esse é o período de férias em Portugal, e a temporada foi muito desgastante para mim. Saí do Santos diretamente para a pré-temporada sem férias e com um ritmo de jogo muito grande. Aproveitei as férias de um mês para descansar, recuperar as energias e renovar o ânimo", explicou.

Após descansar entre o fim de 2011 e o início de 2012, quando ainda estava no Santos, o jogador saiu da Libertadores do ano passado para voltar ao Benfica, onde esteve à disposição, embora raramente jogando, até maio. Agora, o pedido é de um pouco de paciência para fazer no Verdão tudo o que deseja.

"Estou muito feliz aqui. Preciso de mais uns dias para adquirir o mínimo de forma e fazer melhor o meu papel para ajudar o clube", comentou, adotando discurso similar ao falar de artilharia. O centroavante que abdicou da 9 para usar a camisa 14 por inspiração no francês Thierry Henry não faz promessas de bolas nas redes. "Não gosto de estabelecer metas de gols. As coisas na vida sempre acontecem com muito trabalho e o meu primeiro objetivo é trabalhar com seriedade e ser respeitado pelo meu trabalho e pela pessoa que sou", afirmou, sincero, porém, ao falar dos benefícios de uma rotina de gols.

"Este clube é enorme, a visibilidade é muito grande e é sempre bom ser artilheiro. Mas o melhor é ajudar os companheiros a vencer. Almejo muitos gols com essa camisa, muitas boas atuações, mas a prioridade é ajudar o Palmeiras", prosseguiu o atleta, que, durante sua primeira entrevista coletiva pelo clube, repetiu seguidamente o objetivo de recolocar a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.