Alan Kardec não define meta de gols nem data de estreia no Palmeiras

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador foi apresentado no time paulista na segunda-feira e evitou projeções para temporada

Mauro Horita/Agif/Gazeta Press
Alan Kardec chegou ao Palmeiras na segunda-feira

Alan Kardec se apresentou no Palmeiras assumindo a responsabilidade de ser a referência no ataque, mas sem definir quantos gols fará e nem mesmo quando começará a colocar em prática a sua promessa. O atacante emprestado até 30 de junho pelo Benfica acaba de terminar suas primeiras férias em um ano e meio e, por isso, prefere ser cauteloso quanto à sua estreia.

Alan Kardec foi uma boa escolha do Palmeiras? Comente com outros leitores

"Ainda não estou à disposição porque esse é o período de férias em Portugal, e a temporada foi muito desgastante para mim. Saí do Santos diretamente para a pré-temporada sem férias e com um ritmo de jogo muito grande. Aproveitei as férias de um mês para descansar, recuperar as energias e renovar o ânimo", explicou.

Após descansar entre o fim de 2011 e o início de 2012, quando ainda estava no Santos, o jogador saiu da Libertadores do ano passado para voltar ao Benfica, onde esteve à disposição, embora raramente jogando, até maio. Agora, o pedido é de um pouco de paciência para fazer no Verdão tudo o que deseja.

"Estou muito feliz aqui. Preciso de mais uns dias para adquirir o mínimo de forma e fazer melhor o meu papel para ajudar o clube", comentou, adotando discurso similar ao falar de artilharia. O centroavante que abdicou da 9 para usar a camisa 14 por inspiração no francês Thierry Henry não faz promessas de bolas nas redes."Não gosto de estabelecer metas de gols. As coisas na vida sempre acontecem com muito trabalho e o meu primeiro objetivo é trabalhar com seriedade e ser respeitado pelo meu trabalho e pela pessoa que sou", afirmou, sincero, porém, ao falar dos benefícios de uma rotina de gols.

"Este clube é enorme, a visibilidade é muito grande e é sempre bom ser artilheiro. Mas o melhor é ajudar os companheiros a vencer. Almejo muitos gols com essa camisa, muitas boas atuações, mas a prioridade é ajudar o Palmeiras", prosseguiu o atleta, que, durante sua primeira entrevista coletiva pelo clube, repetiu seguidamente o objetivo de recolocar a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: palmeirasigspalan kardecsérie b 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas