Equipe levantou o título nacional pela 15ª vez em sua história

Classificado para a semifinal da Copa Libertadores e embalado pela conquista do Torneio Clausura, o Newell’s Old Boys entrou em campo na cidade de Mendoza com todo o favoritismo. Mas foi o Vélez Sarsfield, diante de adversidades e contra todos os prognósticos, que levantou a 15ª taça do Campeonato Argentino ao vencer a final por 1 a 0.

Comente esta notícia com outros torcedores

O time havia faturado o Torneio Apertura no ano passado e era apontado como o melhor do país. A queda de rendimento impediu que a equipe fizesse boa campanha no restante da competição e fosse eliminada justamente para o rival da decisão deste sábado nas oitavas de final da Libertadores.

A partida foi equilibrada e o único gol saiu dos pés do centroavante Lucas Pratto, que recebeu cruzamento da esquerda, escapou da marcação e bateu firme para balançar as redes rubro-negras. Os leprosos ainda tiveram a chance de buscar o empate quando Cubero cometeu pênalti em Maxi Rodríguez e acabou expulso, mas o astro Ignacio Sccoco parou no goleiro Sosa.

E o que poderia ser um mês histórico para o Newell’s pode se transformar em pesadelo. Depois de vencer o Clausura, o time treinado por Gerardo Martino foi eliminado na Copa da Argentina pelo modesto Talleres, da terceira divisão, e agora pode cair também na Libertadores, quando enfrente o Atlético-MG nas semifinais - os jogos estão marcados para os dias 3 e 10 de julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.