Para agradar a comissão técnica, o atacante está, até mesmo, exercendo o papel de ajudar o setor defensivo na marcação

Lançado no time principal do Santos nesta temporada, o atacante Neílton ainda não conseguiu conquistar, definitivamente, o seu espaço entre os titulares do Peixe. O jovem avante, de 19 anos, sabe que ainda precisa trabalhar bastante para se manter na equipe e, assim, consolidar o seu papel no clube da Vila Belmiro.

Após Cicinho, Santos acerta com Mena para a lateral esquerda

"A concorrência é boa, sadia. Estou trabalhando para me manter no time principal. Mas sei que não é fácil conseguir uma vaga na equipe. Por isso, vou continuar trabalhando duro. Sempre que eu tiver a oportunidade, vou entrar com vontade de mostrar o meu potencial", disse Neílton, campeão da última Copa São Paulo de Juniores (sub-20).

Neílton, atacante do Santos
Flickr/Santos F.C.
Neílton, atacante do Santos

Com técnico argentino perto de acerto, atacante Scocco pode reforçar o Santos

Para agradar a comissão técnica, o atacante está, até mesmo, exercendo o papel de ajudar o setor defensivo na marcação, seguindo as orientações do treinador interino, Claudinei Oliveira.

"O Claudinei conversa bastante comigo e ele sempre pede para eu acompanhar o lateral adversário até o fim. Isso é importante para o time, para que não possam fazer ‘dois contra um’ em cima do Rafael Galhardo ou do Léo", comentou.Neílton vem sendo escalado por Claudinei entre os titulares, formando o ataque santista ao lado de Willian José, nas últimas partidas.

Entretanto, além da forte disputa no elenco atual, o novato também pode sofrer com a concorrência do argentino Ignacio Scocco, do Newell’s Old Boys. O atleta, de 28 anos, interessa a cúpula alvinegra e pode ser contratado para a disputa do Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.