Tamanho do texto

Clube do Morumbi teve a programação atrasada em uma semana em relação ao rival, voltando a trabalhar apenas na última segunda, dia 24

Cássio, goleiro do Corinthians
WAGNER CARMO/Gazeta Press
Cássio, goleiro do Corinthians

O Corinthians disputou sua última partida do Campeonato Brasileiro em 8 de junho. Depois, liberou os jogadores para um período de descanso, encerrado com a reapresentação no último dia 17. Como atuou no dia 12, o São Paulo teve a programação atrasada em uma semana em relação ao rival, voltando a trabalhar apenas na última segunda, dia 24. Por isso, o goleiro Cássio vê vantagem corintiana para o início da decisão da Recopa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"É bom. Acho que a gente sai na frente, sim. É um tempo curto de preparação. Tivemos uma semana de trabalhos físicos, agora estamos trabalhando mais com bola. Eu acho que ajuda, sim, saímos um pouco na frente na parte física", afirmou Cássio, procurando valorizar cada detalhe no clássico.

"Você não pode errar. Com o título decidido em dois jogos, ainda mais em um confronto com essa rivalidade, é preciso estar muito concentrado o tempo todo. Há jogos em que você comete erros, e fica difícil buscar a recuperação. Quem errar menos terá grande chance de ser campeão", acrescentou.

A decisão entre o atual campeão da Libertadores e o dono da Copa Sul-Americana começará na próxima quarta-feira, no Estádio do Morumbi, e terminará duas semanas depois, no Pacaembu. O Corinthians conseguiu suspender uma punição e reservar espaço para os seus torcedores no jogo de ida, de mando são-paulino.

"É sempre bom contar com a torcida do Corinthians, que sempre grita e apoia. Acredito que o estádio vá estar lotado. Então, é importante que nossa torcida vá e faça o barulho dela como visitante", comentou Cássio.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.