"Sou partidário de evitar os conflitos, por isso não teria contratado o brasileiro", disparou o holandês, que fez história com a camisa do time espanhol

Messi, atacante do Barcelona
Vincent West/ Reuters
Messi, atacante do Barcelona

Um dos maiores ídolos da história do Barcelona, Johan Cruyff voltou a comentar a decisão da diretoria do clube em contratar Neymar. Segundo o astro holandês, o time catalão não precisaria do brasileiro, mas já que o negócio já está fechado, o ideal seria acertar a venda de ninguém mais, ninguém menos do que Lionel Messi.

Primeira partida de Neymar no Barcelona será contra o Santos, confirma jornal

Cruyff concedeu entrevista ao jornal Marca , em especial que será publicado nesta terça-feira, e criticou abertamente os dirigentes blaugrana pela contratação do craque da Seleção Brasileira na Copa das Confederações.

"Com Neymar contratado, eu pensaria em vender Messi. Sou partidário de evitar os conflitos, por isso não teria contratado Neymar", disparou o holandês, que também alfinetou a postura do argentino dentro do elenco do Barça: "Se você é o melhor do mundo, como Messi, precisa ser um pouco ditador".

A lenda da seleção holandesa também comentou o envolvimento de Messi com a receita federal espanhola. Para ele, as autoridades usaram a imagem do camisa 10 para dar um sinal de alerta à população. "No tema fiscal, estão utilizando Messi para que as pessoas tenham medo", opinou.

Veja fotos de Neymar :


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.