"Não vou dizer que quem ganhar será o campeão, mas a dificuldade de ir para a final é maior que a decisão", comentou o técnico do time mineiro

Cuca elogia Newell's Old Boys e prevê muita dificuldade na semifinal da Libertadores
Divulgação
Cuca elogia Newell's Old Boys e prevê muita dificuldade na semifinal da Libertadores

O objetivo do Atlético-MG na temporada é a conquista da Libertadores, mas, para chegar ao título, o time terá de superar os argentinos do Newell's Old Boys, equipe que, assim como os mineiros, é apontada na Argentina como dona do melhor futebol do país. O técnico Cuca, inclusive, vê semelhanças nos dois times e projeta dificuldades para os alvinegros.

Quem leva a melhor na semifinal da Libertadores? Comente com outros leitores

"Eles têm um time parecido com o nosso. Assim como a nossa campanha, também fizeram seis primeiros meses muito bons. É uma equipe que é difícil de perder dentro da sua casa, assim como a gente no Independência", disse Cuca, afirmando que as dificuldades na semifinal devem ser maiores do que a da grande decisão.

Leia mais: Léo Silva tem lesão confirmada e deve desfalcar o Atlético-MG contra o Newell’s

"Não vou dizer que quem ganhar será o campeão, mas a dificuldade de ir para a final é maior que a decisão. É um time que joga muito em função da velocidade, que joga para frente, com qualidade técnica e confiança muito grande em sair jogando. Possuem dois meias e um volante só. É uma equipe muito boa, mas nós também somos", declarou.

Cuca já sabe que não poderá contar com o zagueiro Réver nos dois jogos contra os argentinos, já que o defensor foi expulso na última partida e recebeu dois jogos de suspensão.

Léo Silva, com rompimento nos ligamentos do ombro esquerdo, também é dúvida. Estes são problemas que fazem o treinador do Galo dizer que não existe favorito para o confronto. "Não tem mais favorito, o que estiver mais focado, com mais vontade, estará na final de campeonato", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.