Entidade recorreu do pedido de absolvição e um novo julgamento será marcado. Meia poderia ficar até dois anos sem jogar

Carlos Alberto, meia do Vasco
Divulgação
Carlos Alberto, meia do Vasco

Carlos Alberto segue com problemas no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro. O TJD-RJ recorreu da absolvição do jogador pelo caso de doping e um novo julgamento será marcado.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O meia foi absolvido no dia 22 de maio com 4 votos a 1 após cinco horas de julgamento. Caso fosse condenado pelo uso de hidrocloratiazida e carboxi-tamoxifeno, o jogador poderia ficar até dois anos sem poder jogar.

O departamento jurídico do Cruz-maltino tem até sexta-feira para apresentar a defesa. Diferentemente do processo, o camisa 10 vascaíno, que tem contrato com o clube apenas até agosto, não será suspenso preventivamente.

Após a absolvição, Carlos Alberto atuou na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG e no empate por 1 a 1 com o Bahia, dois últimos jogos do Vasco. O meia ainda marcou de pênalti contra o Tricolor de Aço. O atleta está com o futuro indefinido e ainda não foi contatado pela diretoria para renovar o contrato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.