Após maratona de jogos, Fluminense comemora descanso e tempo para treinar

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe carioca teve campanha ruim no Estadual, foi eliminada na Libertadores e não conseguiu dar prioridade a nenhuma delas no 1º semestre

Único clube do Rio de Janeiro na Copa Libertadores, o Fluminense sofreu com a maratona no primeiro semestre. A campanha no Campeonato Carioca acabou prejudicada. Na Taça Guanabara, primeiro turno, o time foi eliminado nas semifinais pelo Vasco, com uma derrota por 3 a 2, em uma partida que o desgaste pesou consideravelmente.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Na Taça Rio, segundo turno, a derrota por 1 a 0 para o Botafogo, na final, custou a eliminação e foi disputada entre os dois encontros com o Emelec, do Equador, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Leia mais: Felipe pode rescindir com o Fluminense e retornar ao Vasco

Já nas quartas de final do torneio continental, os confrontos com o Olimpia, do Paraguai, já foram disputados no meio do Campeonato Brasileiro e o Tricolor teve que disputar algumas rodadas do Brasileirão com o time misto. Assim, mais uma vez viu seu desempenho ser prejudicado. Agora, com o recesso da competição para a realização da Copa das Confederações, o Fluminense terá quase um mês para se dedicar apenas a treinos. O grupo se encontra fazendo uma intertemporada nos Estados Unidos e os jogadores vibram com o período de treinamentos.

Confira ainda: Clássico entre Fluminense e Botafogo pode ser em Brasília

"Para nós a maratona de jogos realmente foi muito pesada nesses primeiros meses do ano, pois tivemos muitas partidas decisivas em um curto espaço de tempo e não quisemos priorizar nenhuma competição. Estou satisfeito com esse período para podermos treinar e nos adaptarmos ainda mais aquilo que o Abel espera de nós para o segundo semestre. Temos que corrigir os erros e nos preparar para o que está por vir, pois o Brasileirão é muito puxado e ainda teremos a Copa do Brasil pela frente. Portanto, é hora de recarregar a bateria", afirmou o atacante Rafael Sobis.

O também atacante Rhayner pensa parecido. "Essa intertemporada será de um imenso proveito para a gente. Nós, que vínhamos de jogos exaustivos pelo Carioca e intercalados com a Libertadores, ficamos cansados. Ainda tivemos um jogo as mais antes dessa parada no Brasileiro. Aqui teremos um tempo para descansar, teremos alimentação correta e concentração para trabalhar, o que vai nos ajudar muito", destacou o jogador.

O Fluminense vai permanecer nos Estados Unidos até a próxima semana. No sábado o time realiza um amistoso contra o Orlando City. Na véspera os reservas participam de um jogo-treino contra os reservas do Cruzeiro.

Fora de campo a diretoria não tem se manifestado sobre a possibilidade de reforços serem contratados, algo que preocupa demais os torcedores, já que algumas perdas aconteceram e outras estão muito perto de serem concretizadas. O lateral direito Wallace já se apresentou ao Chelsea, da Inglaterra, enquanto que o atacante Wellington Nem foi negociado com o futebol ucraniano. Além disso, o lateral esquerdo Carlinhos está nos planos do Galatasaray, da Turquia, enquanto que o volante Jean já recebeu sondagens de equipes da Itália e da Espanha e muitos dão a sua saída como certa, pois se valorizou bastante após a convocação para defender a Seleção Brasileira na Copa das Confederações. Além disso, o clube não vem mais podendo contar com o jovem atacante Micheal, suspenso por doping, por uso de cocaína, e deverá ficar muitos meses suspensos.

Leia tudo sobre: fluminensebrasileirão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas