Patente de comemoração pode render R$ 33 milhões por ano a Gareth Bale

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador galês do Tottenham costuma festejar os gols que marca fazendo um "coraçãozinho" com a mão

AP
Gareth Bale, jogador do Tottenham

A famosa comemoração do "coraçãozinho" pode render um bom dinheiro a Gareth Bale. Conhecido por fazer esse gesto após seus gols, o galês, que fez um pedido de patenteação do aceno, pode lucrar 11,7 milhões de euros por ano (R$ 33 milhões) caso ela seja conferida ao atleta.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

As informações são do jornal inglês The Sun que, inclusive, já confirmou que a patente foi concebida ao atacante. Ainda de acordo com a publicação, o Real Madrid, que deve contratar Bale para a próxima temporada, petende usar esta comemoração como parte do marketing pessoal do atleta.

Leia mais sobre futebol inglês no blog God Save the Ball

O símbolo do coração seria utilizado em diversos produtos do clube como camisas, gorros, meias, sapatos e mochilas e alavancaria o lucro do atleta, que hoje, recebe pouco mais de 2 milhões de euros por ano (R$ 6 milhões) em um contrato com a Adidas.

Bale entrou com um pedido de patenteação da famosa comemoração do "coraçãozinho" há cerca de três meses. Na época, muito se especulou sobre quem realmente havia criado o gesto. Alexandre Pato, quando se transferiu do Internacional para o Milan, em 2007, já celebrava os seus gols desta forma.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: Futebol MundialInglaterraTottenhamBale

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas