Diretoria estuda junto ao técnico Vadão a possibilidade de emprestar certos atletas e rescindir com outros antes da volta do Nacional

Após quase uma semana de descanso, o Criciúma volta às atividades durante a paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa das Confederações. Alguns nomes do elenco, no entanto podem sair da equipe antes da volta do torneio. A diretoria estuda, junto ao técnico Vadão, a possibilidade de emprestar certos atletas e rescindir com outros antes da volta do Nacional.

Alguns jovens devem ser emprestados para ganhar rodagem. O zagueiro Joílson e o volante Diego Oliveira devem ser os primeiros. Enquanto o meio-campista ainda treina separado da equipe, o defensor tem o Crac-GO, da Série C, como provável destino.

Outros jogadores ainda podem receber uma chance na equipe. É o caso do volante Henik e do meia André Gava, pouco aproveitados até o momento, mas que seguirão no elenco para a sequência do Brasileirão.

Três atletas não devem ter a mesma oportunidade. Nos próximos dias, o volante Diogo Kachuba e os atacantes Léo e Valdo terão seus vínculos com o Tigre rescindidos. Os três voltaram de empréstimo e não entram nos planos de Vadão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.