Com campanhas iguais, Grêmio e São Paulo duelam pelo G4

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Primeiro paulista a jogar na Arena do Grêmio, o São Paulo vem de revés para o Goiás, em pleno estádio do Morumbi

Flickr/Grêmio
O São Paulo vai ser o primeiro paulista a jogar na Arena do Grêmio

Com um jogo a menos do que a maioria dos demais times do Campeonato Brasileiro, Grêmio e São Paulo acertam as contas às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, em partida pela quinta rodada, que inicialmente estava marcada para o fim de semana e foi adiada em razão de amistoso da seleção brasileira.

Leia mais: Santos encara o Atlético-MG para fugir da zona da degola

As duas equipes têm campanhas praticamente idênticas: somam sete pontos e perderam a invencibilidade em seus últimos confrontos, diferenciando-se somente no número de gols marcados e sofridos. Mas o objetivo de ambas é o mesmo. Antes do recesso pela Copa das Confederações, pretendem se infiltrar no G4.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com melhor saldo (cinco contra um), o time paulista pode terminar até em segundo, desde que vença e o Fluminense, no máximo, empate com a Portuguesa - em outro confronto adiado, válido ainda pela segunda rodada. Já o Grêmio, para ficar entre os quatro melhores qualquer que seja o resultado da equipe carioca, precisa triunfar por três gols de diferença.A principal dúvida no Grêmio diz respeito ao setor criativo do meio-campo. O técnico Vanderlei Luxemburgo escalou Guilherme Biteco como titular diante do Vitória, mas, diante do Atlético-MG optou por Elano. A tendência é que o último, que fez um golaço de falta contra os baianos ao substituir o primeiro, continue como titular.

Leia mais: Rodrigo Caio admite ficar confuso com esquema indefinido

De resto, o Grêmio terá apenas dois desfalques. O volante Fernando, convocado para a Seleção Brasileira e praticamente negociado com o Shakhtar Donetsk, segue tendo Adriano como substituto, ao menos enquanto o recém-contratado Riveros não tiver condição legal de jogo. No ataque, Vargas, chamado para servir ao Chile, dá lugar a Kleber.

Com os 2 a 0 sofridos em Belo Horizonte, o time viu ir por água abaixo sua ideia de chegar à liderança antes da parada. A vitória sobre o São Paulo é vista como um resultado essencial para os objetivos do clube - chegar à Libertadores de 2014 e brigar pelo título nacional nesta temporada.

Primeiro paulista a jogar na Arena do Grêmio, o São Paulo vem de revés para o Goiás, a qual resultou em protestos da torcida no Morumbi contra jogadores, treinador e presidente. A ideia é voltar de Porto Alegre com três pontos para acalmar os ânimos antes do período de dez dias de férias, pois, na sequência, o time terá pela frente a Recopa Sul-americana, contra o Corinthians.

Dos jogadores considerados titulares, as únicas baixas do técnico Ney Franco continuam sendo o zagueiro Rafael Toloi, entregue à preparação física, e o meia Jadson, a serviço do selecionado nacional. A escalação, porém, terá novidades. O volante Denilson volta de suspensão, enquanto o atacante Aloísio toma a vaga do meia Maicon, formando o time no esquema 4-2-3-1.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SÃO PAULO

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 12 de junho de 2013, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa (RJ) e Luiz Muniz de Oliveira (RJ)

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Souza, Elano e Zé Roberto; Kleber e Barcos
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Paulo Miranda e Juan; Rodrigo Caio, Denilson e Ganso; Aloísio, Osvaldo e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

Leia tudo sobre: grêmiosão paulobrasileirão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas