Botafogo não deve contratar substituto para Fellype Gabriel

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A ideia é utilizar integralmente o dinheiro da negociação do meio-campista para pagar os salários atrasados do elenco antes do retorno do Campeonato Brasileiro

Agência O Globo
Fellype Gabriel está de saída do Botafogo

Próximo de negociar o meia Fellype Gabriel para o futebol dos Emirados Árabes Unidos, o Botafogo dificilmente vai contratar um substituto. A decisão á dada como certa pela diretoria e já foi comunicada ao técnico Oswaldo de Oliveira, que entendeu a situação. O fechamento do Engenhão, interditado por apresentar falhas em sua estrutura, foi um verdadeiro baque para os cofres do Glorioso, que passou a atrasar os salários do elenco.

De excelente relacionamento com a maioria dos jogadores, o presidente Maurício Assumpção vem conseguindo contornar a insatisfação do elenco, que não vem se concentrando em partidas no Rio de Janeiro. O dirigente, portanto, entende que seria uma falta de respeito com quem está no grupo alguma contratação de impacto se o Alvinegro não vem conseguindo honrar seus vencimentos.

Além disso, a ideia é utilizar integralmente o dinheiro da negociação de Fellype Gabriel para pagar os atrasados do elenco antes do retorno do Campeonato Brasileiro, que está paralisado para a disputa da Copa das Confederações. Maurício Assumpção negociou diretamente a venda dos direitos federativos do atleta para o o Al Shabab e o Alvinegro vai receber cerca de R$ 6,5 milhões, valor integral da multa rescisória.

A necessidade de fazer caixa para honrar os compromissos favoreceu a negociação de Fellype Gabriel, mesmo o jogador sendo considerado fundamental por Oswaldo de Oliveira para o sucesso do elenco. Além disso, para poder manter outros jogadores importantes, o Glorioso decidiu se desfazer do atleta de 27 anos, que também pretendia fazer a sua independência financeira.A perda de Fellype Gabriel deverá ajudar o clube, inclusive, a afastar o assédio ao zagueiro Dória, que vem despertando o interesse de um fundo de investimentos disposto a levá-lo para o Cruzeiro. Recentemente o Alvinegro descartou uma proposta de R$ 20 milhões pelo defensor, que está defendendo a Seleção Brasileira sub-20, onde é capitão.

A ideia é apostar em alguém que já esteja no elenco. Vitinho seria o mais cotado para assumir a condição de titular, mas acaba deixando a desejar um pouco no quesito marcação. Oswaldo, porém, entende que pode ir aprimorando o senso defensivo do jogador, revelado nas categorias de base de General Severiano. Outra alternativa é Renato, que perdeu espaço com a chegada de Seedorf, mas que conta com muito respaldo dentro do grupo.

O jogador conseguiria ajudar bastante na marcação e tem qualidade no passe. O que pode atrapalhar é o fato de não ter mais preparo físico para ir e voltar ao longo de noventa minutos. Para a reserva no meio de campo o clube ainda conta com outras opções, como o experiente meia Andrezinho e o volante Lucas Zen, outra cria das categorias de base.

Dentro de campo o Botafogo só voltará a jogar no dia 3 de julho, quando faz a partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil contra o Figueirense, em local ainda a ser definido. Sem contar com o Engenhão, o Glorioso pode mandar essa partida no Maracanã. Nesta quinta-feira Maurício Assumpção tem reunião com representantes que administram o consórcio para negociar a situação. É possível que o clube receba benefícios para atuar no estádio por ter sido prejudicado pela interdição do Engenhão por problemas estruturais.

Leia tudo sobre: botafogofellype gabriel

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas