Time mineiro fará três amistosos na América do Norte durante a pausa do Brasileirão para a Copa das Confederações

Diego Souza, um dos destaques do Cruzeiro nesta temporada
Washington Alves/VIPCOMM
Diego Souza, um dos destaques do Cruzeiro nesta temporada

O Cruzeiro só volta a campo pelo Campeonato Brasileiro em julho, mas nem por isso, os jogadores da Raposa tiveram folga nesta segunda-feira. Pelo contrário, o dia é de trabalhos em dois períodos. Os jogadores que enfrentaram o Internacional fizeram apenas atividade regenerativa, já os reservas foram para o campo para um treino físico, sob orientação dos preparadores da equipe celeste.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

As ausências da manhã cruzeirense foram: O goleiro Fábio, o lateral direito Mayke, o meia-atacante Elber e o atacante Dagoberto, que sofreram contusões na partida contra o Colorado e, nesta segunda-feira, seguiram para uma clínica para realizar exames. O departamento médico cruzeirense ainda conta com o atacante Borges, com lesão muscular na coxa.

Como o time celeste só joga oficialmente em julho, os atletas lesionados terão tempo para se recuperarem, mas podem ficar fora da excursão cruzeirense, que será realizada entre os dias 19 de junho e 1º de julho ao EUA. Na América do Norte, o Cruzeiro fará três amistosos, contra Fluminense, Fort Lauderdale Strikers (EUA) e Monarcas Morelia (MEX).

O meia-atacante Everton Ribeiro aprovou a ida aos EUA, mas frisa que não é passeio. "É uma parada boa para a gente aprimorar o que nós temos feito e tentar corrigir os erros. Não vamos para os Estados Unidos a passeio. Vamos treinar bastante porque quando o Campeonato (Brasileiro) voltar não teremos folga, então temos que usar bem essa intertemporada", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.