Em crise, Flamengo encara pior largada na era dos pontos corridos

Por Marcelo Laguna - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Time tem ainda o segundo pior aproveitamento nas quatro primeiras rodadas na história do Brasileirão, superando apenas o torneio de 2001

André Luiz Mello / Agência O Dia
Jorginho, demitido na madrugada desta quinta-feira, ficou apenas 14 jogos no comando do Flamengo

Mal o Campeonato Brasileiro começou e o Flamengo já vive uma crise que abala as estruturas da Gávea. A derrota para o Náutico por 1 a 0, nesta quarta-feira, além de custar o emprego do técnico Jorginho, demitido após comandar o time por apenas 14 jogos, trouxe uma triste estatística ao rubro-negro. Desde que o Brasileirão começou a ser disputado no sistema de pontos corridos, em 2003, este é o pior início de campanha do Flamengo na competição. Com somente dois pontos ganhos, o aproveitamento de pontos ganhos é de somente 16,6%. 

Você acha que o Flamengo conseguirá se recuperar no Brasileirão? Opine

A pífia campanha flamenguista neste início de nacional só não é a pior do clube na história por causa do fiasco ocorrido na largada do torneio de 2001. No primeiro Brasileiro do século 21, o Flamengo registrou uma sequência inicial de um empate e três derrotas consecutivas: 0 x 0 na estreia para a Ponte Preta e depois uma série de insucessos para o Goiás (0 x 2), Paraná (0 x 1) e Atlético-PR (0 x 4). Um aproveitamento de apenas 8,33%. Confira no gráfico abaixo outras "largadas" do Flamengo nos últimos 13 anos.

Fla patina no Brasileirão

Veja o aproveitamento do Flamengo nas quatro primeiras rodadas na história do Campeonato Brasileiro neste século (em %)

Gerando gráfico...

A campanha de 2001 foi tão ruim na história do Flamengo em Campeonatos Brasileiros que o clube escapou por pouco de cair para a Série B. Entre 28 participantes, o clube terminou na 24ª posição, somente uma acima da zona de rebaixamento, que naquele ano mandou quatro equipes para a segunda divisão.

Veja ainda: Flamengo tem pressa e quer contratar técnico antes da pausa do Brasileiro

Reprodução
Com Zico em campo, o Flamengo quase sempre largou bem no Brasileiro

Os números históricos do Brasileiro, contudo, apontam que o Flamengo normalmente começa o torneio com um desempenho razoável, com aproveitamento ficando em torno dos 50% dos pontos ganhos nos primeiros quatro jogos. Iniciar o torneio sem vitórias nas quatro primeiras partidas, como em 2013, é muito raro.

Antes, ocorreu no campeonato de 2004, já sob o formato de pontos corridos: foram três empates e uma derrota (25% de aproveitamento). O fato de começar o torneio na zona de rebaixamento também é raro: a última vez que o Flamengo passou por esta situação foi na segunda rodada de 2009, quando ocupou a 19ª e penúltima posição. Ironicamente, naquele ano o título brasileiro ficou com o clube carioca.

E mais: Veja 14 possíveis nomes para técnico do Flamengo após demissão de Jorginho

Os melhores desempenhos do rubro-negro no começo do Brasileiro, tendo como base toda a história da competição, coincidem com o auge da era Zico, o maior ídolo da história do clube. Entre meados da década de 70 e início dos anos 80 - período em que conquistou três títulos nacionais - o Flamengo conseguiu superar sete vezes os 80% de aproveitamento nos primeiros quatro jogos. Em dois anos (1979 e 1982), a sequência chegou aos 100%. Confira no gráfico.

As melhores largadas do Fla no Brasileiro

Confira as edições do Brasileirão nas quais o Flamengo teve melhor aproveitamento nas quatro primeiras rodadas (em %, acima de 80%)

Gerando gráfico...


Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2013Jorginho

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas