Juan admite não estar 100%, mas questiona vaias da torcida do São Paulo

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Lateral-esquerdo foi titular na derrota para o Goiás no Morumbi, em seu segundo jogo após ter sido reintegrado ao elenco

Site oficial do São Paulo
Juan, lateral do São Paulo

Juan ficou mais de seis meses sem atuar antes de ser reintegrado ao elenco do São Paulo. Nesta quarta-feira, foi titular na derrota para o Goiás no Morumbi e deixou o campo vaiado pelos torcedores. Ao final da partida, questionou o porquê do protesto.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Quando o resultado não vem, sobra para alguém. Mais uma vez, sobrou para mim. Queria entender qual o problema da torcida comigo. Eu me esforço, luto. Sei que não estou 100%, que eu posso render mais, mas time grande é assim, tem pressão", falou.

Ainda sem ritmo ideal de jogo, o lateral esquerdo de 31 anos se cansou e foi substituído aos 33 minutos da segunda etapa por Silvinho. Ciente de que precisar aprimorar o condicionamento físico, o jogador acredita que possa conseguir uma reviravolta.

"É dar a volta por cima. Tive quedas outras vezes e fui vencedor. Sempe falta paciência ao torcedor. A partir do momento que não vence, vem cobrança. Com apoio deles, é difícil. Sem apoio, é ainda mais difícil. Ainda mais para mim, voltando agora", disse.

Como Cortez foi afastado e Thiago Carleto rompeu ligamento do joelho direito, Juan tem como concorrente apenas Reinaldo, lateral esquerdo recém-chegado do Sport, com contrato de empréstimo até o final do ano.

Veja imagens dos jogos desta quarta-feira pelo Brasileirão 

Junior Urso disputa a bola com Edinho no Couto Pereira. Foto: Agif/Gazeta PressAlex, do Coritiba, e Diguinho, do Fluminense, em ação no Couto Pereira. Foto: Agif/Gazeta PressDagoberto marcou o gol da vitória do Cruzeiro. Foto: Washington Alves/VIPCOMMEmerson Sheik tenta proteger a bola da marcação de Bruno Rodrigo. Foto: Washington Alves/VIPCOMMElano comemora gol do triunfo gremista diante do Vitória pelo Brasileirão. Foto: Gazeta PressLeandro Donizete tenta proteger a bola da marcação vascaína. Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta PressPedro Ken sobe para fazer o cabeceio em ataque do Vasco. Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta PressO veterano Paulo Baier não perdoou e fez o gol de empate para o Atlético-PR em Campinas. Foto: Denny Cesare/Agif/Gazeta PressChiquinho corre para festejar o gol da Ponte Preta no Moisés Lucarelli. Foto: Denny Cesare/Agif/Gazeta PressO argentino Cañete comemora o gol de empate da Lusa diante do Inter. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressRogério Ceni pula, mas não consegue defender a cabeçada do zagueiro Rodrigo, do Goiás. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressJogadores do Goiás cumprimentam Rodrigo após ele marcar diante do São Paulo, logo aos dois minutos do primeiro tempo. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressLuís Fabiano não consegue superar o goleiro Renan, do Goiás, e desperdiça chance para o São Paulo. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressRafael Moura festeja o gol marcado para o Internacional diante da Lusa, no Canindé. Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / Gazeta PressDiogo, atacante da Portuguesa, lamenta chance desperdiçada diante do Inter, no Canindé. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressJoão Vítor comemora o primeiro gol do Criciúma diante do Santos. Foto: DEZA BERGMAN/Gazeta Press

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: JuanSão Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas