Elano sai do banco e dá três pontos ao Grêmio diante do Vitória

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Depois de começar na reserva, meia entra, faz o gol da vitória e impede time baiano de se isolar na liderança

O Grêmio martelou, martelou, e conseguiu: depois de muito pressionar o Vitória e parar nas milagrosas mãos do goleiro Wilson, o Tricolor chegou a uma apertada vitória por 1 a 0 na Arena, gol de Elano, que saiu do banco de reservas para fazer de falta o tento que garantiu mais três pontos no Campeonato Brasileiro.

Veja os resultados de todas as partidas da rodada

O Grêmio dominou completamente o Vitória no primeiro tempo. O goleiro Wilson se converteu no melhor nome da partida, com ao menos cinco defesas decisivas que impediram gols gremistas. Na segunda etapa, o camisa 1 baiano seguiu praticando milagres, mas não conseguiu pegar a falta com perfeição por Elano, que deu a merecida vitória aos donos da casa.

Confira as melhores fotos dos jogos desta quarta-feira pelo Brasileirão:

Junior Urso disputa a bola com Edinho no Couto Pereira. Foto: Agif/Gazeta PressAlex, do Coritiba, e Diguinho, do Fluminense, em ação no Couto Pereira. Foto: Agif/Gazeta PressDagoberto marcou o gol da vitória do Cruzeiro. Foto: Washington Alves/VIPCOMMEmerson Sheik tenta proteger a bola da marcação de Bruno Rodrigo. Foto: Washington Alves/VIPCOMMElano comemora gol do triunfo gremista diante do Vitória pelo Brasileirão. Foto: Gazeta PressLeandro Donizete tenta proteger a bola da marcação vascaína. Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta PressPedro Ken sobe para fazer o cabeceio em ataque do Vasco. Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta PressO veterano Paulo Baier não perdoou e fez o gol de empate para o Atlético-PR em Campinas. Foto: Denny Cesare/Agif/Gazeta PressChiquinho corre para festejar o gol da Ponte Preta no Moisés Lucarelli. Foto: Denny Cesare/Agif/Gazeta PressO argentino Cañete comemora o gol de empate da Lusa diante do Inter. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressRogério Ceni pula, mas não consegue defender a cabeçada do zagueiro Rodrigo, do Goiás. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressJogadores do Goiás cumprimentam Rodrigo após ele marcar diante do São Paulo, logo aos dois minutos do primeiro tempo. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressLuís Fabiano não consegue superar o goleiro Renan, do Goiás, e desperdiça chance para o São Paulo. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressRafael Moura festeja o gol marcado para o Internacional diante da Lusa, no Canindé. Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / Gazeta PressDiogo, atacante da Portuguesa, lamenta chance desperdiçada diante do Inter, no Canindé. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressJoão Vítor comemora o primeiro gol do Criciúma diante do Santos. Foto: DEZA BERGMAN/Gazeta Press

O Grêmio quebra a invencibilidade do Vitória e segue sem perder no Brasileiro. Com 7 pontos e um jogo a menos em relação à maioria dos concorrentes, o time gaúcho visitará o Atlético-MG no próximo domingo. O Vitória, que segue com iguais 7 pontos, receberá o Atlético-PR no mesmo dia.

O jogo - Buscando dar maior vitalidade ao meio-campo gremista, o técnico Vanderlei Luxemburgo escalou Guilherme Biteco no lugar de Elano. Fernando e Vargas, pelas seleções de Brasil e Chile, foram os desfalques gremistas.

A partida começou estudada, mas, a partir dos 20 minutos o Grêmio começou a se impor como mandante. Aos 24, Pará cruzou para Barcos, que cabeceou para a defesa de Wilson. Antes, Kleber emendou belo chute de longe, que quase entrou no ângulo.

A pressão aumentou a partir dos 30 minutos, e o goleiro Wilson foi se tornando o melhor nome em campo. Primeiro, salvou uma tentativa de Souza na área e ainda no rebote, após chute de Barcos. O argentino quase marcou no minuto seguinte, parando de novo no camisa 1. Aos 38, Zé Roberto cruzou, a bola passou por todo mundo, e Wilson evitou, fazendo mais uma defesa.

O Vitória teve uma única grande chance no primeiro tempo, aos 39: Vander puxou contragolpe rápido pela esquerda e tocou para Nino Paraíba, mas Adriano impediu o gol ao se atirar na bola após a conclusão. Passado o susto, o Grêmio voltou à carga: aos 40, Zé Roberto bateu de longe e Wilson defendeu novamente. Aos 44, um chute do camisa 10 gremista acertou a trave. Na jogada seguinte, Barcos concluiu com perigo por cima do gol.

O Grêmio tentou voltar a pressionar no segundo tempo, mas o Vitória estava mais bem postado. Aos 14, porém, Wilson brilhou outra vez. Barcos fez grande jogada pela direita e cruzou para Zé Roberto, que chegou batendo de primeira na área, em um milagre do goleiro baiano. A seguir, Elano chutou, e o camisa 1 mandou para escanteio.O desafogo na Arena do Grêmio só veio aos 24 minutos. Elano sofreu falta na meia-lua e bateu com perfeição, sem chances para Wilson: 1 a 0.

O Vitória, então, acordou para tentar o empate. Aos 29, Gabriel Paulista subiu mais do que a zaga gremista em cobrança de escanteio, e o toque saiu raspando a trave de Dida. Aos 32, o goleiro gremista saiu em falso, mas a bola cruzou a área pelo alto. O Tricolor levou perigo pela última vez aos 33: Elano cruzou, e Welliton tocou de cabeça para fora.

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 1 X 0 VITÓRIA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 5 de junho de 2013, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Vanderson Antônio Zanotti e Leonardo Mendonça (ambos do ES)
Público: 17.666 pagantes
Cartões amarelos: Kleber, Adriano e Welliton (Grêmio); Gabriel Paulista e Victor Ramos (Vitória)
Gol: GRÊMIO: Elano, aos 24 minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano (Welliton), Souza, Guilherme Biteco (Elano) e Zé Roberto; Kleber (Ramiro) e Barcos
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VITÓRIA: Wilson; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Michel, Neto Coruja, Cáceres (Marquinhos) e Escudero; Vander (Willie) e Dinei (Giancarlo)
Técnico: Caio Júnior

Leia tudo sobre: GrêmioElanoVitóriabrasileirão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas