Mourinho revela atrito com Cristiano Ronaldo: "Pensa que sabe tudo"

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-técnico do Real Madrid, de volta ao Chelsea, disse que o atacante português não aceita críticas em seu desempenho

Getty Images
Cristiano Ronaldo e José Mourinho

Treinador do Real Madrid entre julho de 2010 e junho de 2013, José Mourinho teve o atacante Cristiano Ronaldo como principal destaque durante sua passagem pelo clube espanhol. Entretanto, em entrevista ao programa Punto Pelota, o técnico português afirmou que a relação com seu compatriota não foi fácil em alguns momentos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Ele fez três temporadas fantásticas comigo. Tive um único problema com ele: criticar seu comportamento tático, tentando melhorar o que eu achava que poderia evoluir. Entretanto, ele não aceitou muito bem, pois pensa que sabe tudo e que um treinador não pode ajudá-lo a crescer ainda mais", explicou.

Juntos, Cristiano Ronaldo e José Mourinho conquistaram três títulos pelo Real Madrid: Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Supercopa da Espanha. Além disso, foram eliminados em três semifinais consecutivas da Liga dos Campeões da Europa, sucumbindo diante de Barcelona, Bayern de Munique e Borussia Dortmund, respectivamente.

Neste período, o atacante ainda foi artilheiro do Campeonato Espanhol de 2010/2011, com 40 gols, e também da Liga dos Campeões desta temporada, com 12 gols. Mourinho, por sua vez, passou a ser criticado por parte da torcida e acabou rescindido seu contrato, acertando retorno ao Chelsea, clube que comandou entre 2004 e 2007.

Veja fotos da carreira de Mourinho:

José Mourinho ficou por três anos como treinador do Real Madrid. Foto: Jon Super/APReal Madrid x Borussia Dortmund. Foto: ReutersMourinho chuta a bola durante o treino em Madri. Foto: EFEJurgen Klopp, técnico do Borussia Dortmund, abraça José Mourinho, treinador do Real Madrid, antes da partida. Foto: Getty ImagesKaká conversa com o técnico José Mourinho durante a partida. Brasileiro entrou no jogo pelo Real Madrid durante o segundo tempo. Foto: Lalo R. Villar/APJosé Mourinho compareceu ao Old Trafford para o clássico. Seu time, o Real Madrid, enfrentará o Manchester United pela Liga dos Campeões. Foto: Getty ImagesMourinho participou de debates ao lado de Maradona no fórum em Dubai. Foto: ReutersMourinho, técnico do Real Madrid, participa de conferência internacional sobre futebol em Dubai. Foto: AFPJosé Mourinho e Tito Villanova se cumprimentam após entrevero no ano passado. Foto: AFPJosé Mourinho vive nova polêmica na Espanha. Foto: APchampions. Foto: ReutersTécnico do Real Madrid, José Mourinho, assiste ao jogo entre Manchester City e Queens Park Rangers . Foto: Getty ImagesTécnico José Mourinho organiza o Real Madrid em campo. Foto: EFECara de poucos amigos de José Mourinho, técnico do Real Madrid, em entrevista coletiva nesta quarta-feira. Foto: APJosé Mourinho dá aula na Universidade da Califórnia. Foto: DivulgaçãoMourinho esbraveja com a equipe após empate com o Valencia neste domingo. Foto: APJosé Mourinho e Joseph Guardiola. Foto: Getty ImagesO técnico José Mourinho tenta seu segundo título da Liga dos Campeões. Foto: APTécnico José Mourinho também deu seus chutes em campo. Foto: EFEMourinho estava com cara de poucos amigos na coletiva de imprensa. Foto: AFPOs técnicos Pep Guardiola e José Mourinho se cumprimentam antes da partida. Foto: AFPO técnico do Real Madrid, José Mourinho, reduz a importância da derrota para o Barça. Foto: AFPMourinho em coletiva para jogo contra o Ajax. Foto: EFEMourinho de cara fechada na coletiva. Foto: EFEMourinho chega para prestar depoimento à Uefa nesta sexta-feira. Foto: APJosé Mourinho com seu "sorriso" habitual. Segundo Calderón, ele é o verdadeiro presidente do Real. Foto: Getty ImagesJosé Mourinho faz cara feia em coletiva. Barcelona pedia punição ao português por suas declarações. Foto: EFEMourinho foi chamado de "medroso" por Cruyff. Foto: EFEEsta foi a 11ª vez que José Mourinho cancelou uma entrevista desde que chegou ao Real Madrid. Foto: AFPMourinho virou goleiro em partida contra jornalistas espanhóis. Foto: EFEMessi e Mourinho foram premiados pela Fifa como melhor jogador e melhor técnico do mundo, respectivamente. Foto: Getty Images

"Sou um treinador cômodo para os outros. Quando há uma pessoa como eu, não é necessário que você entre em determinados tipos de situações. É confortável. Quando existe alguém que coloque a cara por você, que vai a luta, que prejudica sua própria imagem, às vezes não há necessidade. Entretanto, somos pagos para isso", completou Mourinho, que ainda disse não se arrepender de sua saída.

"Era o melhor para mim e para a situação atual do clube. Penso que começaria a próxima temporada com uma série de problemas que já vinham se arrastando", encerrou o treinador português.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas