Atacante negociado com o Inter divulgou comunicado agradecendo o carinho do torcedor e as temporadas que atuou com a camisa corintiana

Jorge Henrique conquistou diversos títulos pelo Corinthians, mas agora acertou com o Inter
Gazeta Press
Jorge Henrique conquistou diversos títulos pelo Corinthians, mas agora acertou com o Inter

Jorge Henrique tentou de todas as formas evitar a sua saída do Corinthians. Com a transferência para o Internacional acertada, apesar de seus reiterados pedidos de desculpas pelos atos de indisciplina, o atacante não perdeu o apreço demonstrado pelo clube por que conquistou dois títulos paulistas, um da Copa do Brasil, um brasileiro, um da Copa Libertadores da América e um mundial.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Em seu comunicado de despedida via assessoria de imprensa, Jorge fez diversas juras de amor à torcida. "Fica até difícil falar. Os torcedores são fantásticos. Sei que terei meu nome lembrado por eles por muitos anos. Obrigado de mais pelo carinho durante todos esses anos, pelo apoio nos momentos alegres e tristes e por todos os pedidos para que eu permanecesse. Não dependia de mim", ressaltou o atacante, contabilizando mais de 1.000 mensagens de incentivo recebidas através de seu site oficial.

Leia mais: Jorge Henrique deixa o Corinthians e acerta com o Inter por duas temporadas

Jorge lembrou que o carinho não é sem motivo. Aos 31 anos, ele estava no Corinthians desde 2009, tendo participado de 216 partidas (muitas delas decisivas), marcado 30 gols e provocado alguns rivais - com direito a um chute no ar diante do Palmeiras, por exemplo, e a uma finalização que fez o goleiro Rogério Ceni falhar feio em goleada por 5 a 0 sobre o São Paulo."Costumo brincar que cheguei ao Corinthians pela porta dos fundos, pois assinei meu contrato no mesmo dia em que o Ronaldo Fenômeno foi apresentado. Poucos me conheciam. E, independentemente da maneira como aconteceu o meu desligamento, considero que saí pela porta da frente. Não tenho nenhuma dúvida de que escrevi o meu nome na história desse clube maravilhoso. Com essa camisa, conquistei tudo", discursou.

O atacante ainda garantiu que não se sente magoado nem mesmo com os seus antigos superiores no Corinthians, responsáveis pela punição que o levou ao Inter. "Fiz amigos e passei por grandes momentos aqui, como o nascimento dos meus filhos. Não quero entrar em detalhes do que aconteceu. Tenho meus julgamentos, mas guardo para mim. Sinto um carinho especial por várias pessoas do clube, e é isso que quero levar para o resto da vida. Agradeço ao Duílio ( Monteiro Alves ), ao Edu ( Gaspar ) e ao Roberto ( de Andrade ), grandes profissionais", nomeou.

Jorge Henrique se prepara agora para ter o mesmo sucesso - com menos problemas fora de campo - em Porto Alegre. "Recebi propostas de vários clubes brasileiros, mas fiquei motivado a defender o Colorado pela forma como a diretoria do Inter conduziu a negociação. Optei por um clube com uma estrutura igual à do Corinthians. Quero ser tão feliz lá quanto fui aqui", desejou o ex-corintiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.