De acordo com Vanderlei, jogada aérea do Goiás havia sido estudada nos treinamentos

O goleiro Vanderlei foi um dos jogadores do Coritiba que mais lamentaram o empate deste sábado com o Goiás . Ao deixar o gramado do Serra Dourada, ele não avaliou o 1 a 1 como muito positivo, tendo em vista que sua equipe havia saído em vantagem na etapa inicial.

Comente esta notícia com outros torcedores

"No segundo tempo, creio que a gente não foi bem, não criou muito, veio muito para trás e deu espaços. Tomamos um gol de bola parada. Estudamos eles, a marcação individual, e acabamos tomando esse gol", opinou.

O gol esmeraldino saiu aos 30 minutos da etapa complementar. Após cobrança de escanteio de William Matheus pela direita, a defesa não conseguiu afastar a bola, e ela sobrou para Hugo. Na pequena área, o meia só teve o trabalho de empurrar para a rede.

Embora vazado, Vanderlei foi o principal destaque da equipe paranaense ao longo dos 90 minutos. Ele fez três defesas importantes no primeiro tempo, duas delas com menos de dez minutos, e salvou seus companheiros novamente depois do intervalo. Apesar disso, reforçou descontentamento pelo empate.

"É sempre bom pontuar no Brasileiro, mas, pelas circunstâncias do jogo, a gente estava ganhando... Tomar gol de bola parada, a gente até fica triste. Mas futebol é assim. Agora temos dois jogos em casa e temos que vencê-los", concluiu.

Se tivesse sustentado o triunfo em Goiânia, o Coritiba teria saltado para os mesmos sete pontos do líder provisório Botafogo. Os compromissos como mandante na sequência serão contra Fluminense, na quinta-feira, e Vasco, no domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.