Após perder Neymar, o Santos deu sequência ao seu processo de reformulação e anunciou a demissão do técnico Muricy Ramalho

Após a saída do atacante Neymar para o Barcelona (Espanha), o Santos deu sequência ao seu processo de reformulação e anunciou a demissão do técnico Muricy Ramalho, nesta sexta-feira. Sem o treinador, o Santos encara mais um desafio no Campeonato Brasileiro, diante do Grêmio, neste sábado, às 16h20 (de Brasília), na Vila Belmiro.

Depois de um empate na estreia, contra o Flamengo (0 a 0), e uma derrota para o Botafogo (2 a 1), o time praiano busca a sua primeira vitória na competição, atuando dentro de casa. Com a queda de Muricy, o técnico dos Juniores (sub-20), Claudinei Oliveira, será o responsável por comandar, interinamente, a equipe alvinegra contra o Grêmio.

"Futebol é assim. Temos que trabalhar bastante para melhorar. Temos um jogo muito difícil contra o Grêmio e precisamos conquistar a vitória, para não ficarmos atrás na tabela", ponderou o meia Montillo, autor do gol santista no revés para o Botafogo.

Com relação ao time titular, Claudinei deve ter alguns problemas para definir a escalação do Santos. Isto porque, o zagueiro Edu Dracena, com uma tendinite patelar no joelho direito, e o seu substituto imediato, Neto, com um derrame no joelho esquerdo, seguem vetados pelo departamento médico do clube. Com isso, o jovem Gustavo Henrique será mantido ao lado de Durval.

O lateral-direito Bruno Peres, com um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, o volante Alan Santos, que trata de uma contusão na coxa esquerda, e o atacante Giva, em período de transição para o gramado após se recuperar de uma lesão no púbis, também não devem atuar neste sábado.

Em compensação, o experiente lateral-esquerdo Léo deve retornar para a equipe, após ser poupado no duelo contra o Botafogo. Já no ataque, o jovem Neílton, que teve boa atuação diante do Glorioso, deve levar a melhor sobre o argentino Patito Rodriguez e formar dupla no setor com o centroavante Willian José.

Já o Grêmio irá praticamente completo à Vila Belmiro. O único desfalque do Tricolor Gaúcho é o volante Fernando, que está com a Seleção Brasileira, que disputará a Copa das Confederações. Como provavelmente será negociado pelo Tricolor na próxima janela de transferências, o camisa 17 talvez nem atue mais pelo clube.

Seu substituto diante do Peixe será Adriano, jogador de confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo. Ainda vinculado ao Santos, Adriano não poderia jogar devido a um acordo informal entre os dois clubes. No entanto, o diretor de futebol do Grêmio, Rui Costa, conversou com a direção santista, que liberou o atleta para participar da partida.

A presença de Adriano vem em boa hora para o Grêmio. Luxa treinava a equipe com Marco Antônio ao lado de Souza no setor defensivo do meio, mas Marco sentiu uma lesão muscular na coxa e não terá condições de sequer ficar no banco de reservas.

A intenção do Grêmio, apesar de reconhecer a Vila Belmiro como um estádio que serve como forte fator local para o Santos, é buscar a vitória: "Para quem almeja alguma coisa no campeonato, a gente não pensa no empate. É claro que dependendo das circunstâncias ele pode até ser um bom resultado, mas a gente entra pensando na vitória", projetou o zagueiro Bressan, confirmado como titular da zaga ao lado de Werley.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X GRÊMIO

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 1 de junho de 2013 (sábado)
Horário: 16h20 (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Rodrigo Henrique Correa (RJ)

SANTOS: Rafael; Rafael Galhardo, Gustavo Henrique, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Neílton (Patito Rodriguez) e Willian José
Técnico: Claudinei Oliveira (interino)

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Souza, Elano e Zé Roberto; Vargas e Barcos.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.