Nos vestiários, o diretor-executivo do Palmeiras garantiu que o goleiro tem total confiança da diretoria palmeirense

Quando o árbitro Pablo dos Santos Alves apitou pela última vez na derrota do Palmeiras para o América-MG , no Estádio Novelli Júnior, em Itu, a torcida alviverde não escondeu sua irritação com o goleiro Bruno. No único gol da partida, Nikão chutou cruzado de esquerda e a bola passou por baixo do arqueiro do Verdão, o que foi considerado como falha por parte dos torcedores presentes.

Irritado, Bruno diz que não falhou em gol e discute com palmeirenses em Itu

Já nos vestiários, o treinador Gilson Kleina defendeu o goleiro, que não passa por um bom momento no Palmeiras. Após a contusão de Fernando Prass, Bruno ganhou a condição de titular, mas falhou no jogo mais importante da equipe na Libertadores, na eliminação diante do Tijuana. O comandante do Verdão, por sua vez, prefere adotar outra postura e acredita que o momento é de tranquilidade.

"Nossa marcação apresentou mais problemas do que a condição do Bruno. A gente vai dar tranquilidade para ele. Ninguém quer errar, então, temos que sentir isso, blindar e se sensibilizar. Temos que relevar neste momento e conversar bastante para reverter isso na terça", destacou Gilson Kleina, que também citou a desatenção da zaga no lance do gol.

Além do apoio do treinador, Bruno também ganhou o apoio de José Carlos Brunoro. Nos vestiários, o diretor-executivo do Palmeiras garantiu que o goleiro tem total confiança da diretoria. Classificando o jogo contra o América-MG como "apenas mais um", o responsável pelas negociações do Verdão também pediu paciência à torcida.

"Nós não podemos, a cada jogo que tem uma derrota, crucificar um jogador. Temos que apoiar este time. O Bruno tem todo o nosso apoio, todo o nosso respeito. O grupo não tem desconfiança nele, Não vejo este tipo de problema. O Palmeiras não tem crise, está tudo bem, tudo legal", garantiu José Carlos Brunoro.

Com a previsão de retorno apenas depois da Copa das Confederações, Fernando Prass, titular da posição, segue em tratamento no departamento médico. O goleiro do Palmeiras machucou o ombro pela última rodada do Campeonato Paulista, contra o Ituano, também no Estádio Novelli Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.