Com a vitória, a equipe carioca chegou a sete pontos em três jogos e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro

Lodeiro e Vitinho celebram gol do Botafogo
Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
Lodeiro e Vitinho celebram gol do Botafogo

No duelo entre o campeão Carioca e o vice Mineiro, o Botafogo levou a melhor sobre o Cruzeiro e venceu por 2 a 1, neste sábado, em Volta Redonda. O destaque da partida foi o uruguaio Lodeiro, que marcou os dois gols do time carioca, que chegou a sete pontos no Campeonato Brasileiro. Já os visitantes permanecem com quatro pontos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A partida foi muito equilibrada e o Botafogo saiu na frente com gol de Lodeiro, aproveitando rebote do goleiro Fábio. O Cruzeiro ainda empatou no primeiro tempo, com Anselmo Ramon, que contou com a sorte ao chutar e ver a bola bater nas costas do goleiro Renan antes de entrar. Na etapa final, os alvinegros chegaram a vitória novamente com Lodeiro, em cobrança de pênalti cometido por Nílton em Lucas.

Agora, na quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vai encarar o Bahia, em Aracaju (SE), na próxima quarta-feira. Já o Cruzeiro vai receber o Corinthians no mesmo dia, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

O jogo

O Cruzeiro começou a partida tentando exercer uma marcação sob pressão no Botafogo. A atitude fez efeito nos primeiros minutos, mas foi por água abaixo aos seis. Leandro Guerreiro errou passe no meio e permitiu o contra-ataque alvinegro. Vitinho chegou na área e chutou, mas Fábio espalmou, só que a bola sobrou para Lodeiro apenas tocar para a rede a abrir o placar em Volta Redonda.

Com a vantagem no placar, o Botafogo melhorou e passou a explorar os contra-ataques. Tanto que aos 11 minutos, Vitinho arriscou de fora da área e viu Fábio se esticar e fazer boa defesa. O Cruzeiro até buscava avançar, mas errava muito quando se aproximava do gol. Somente depois dos 20 minutos, os mineiros melhoraram e passaram a pressionar. Aos 22 minutos, os visitantes desperdiçaram chance incrível quando Anselmo Ramon finalizou duas vezes e viu Renan fazer grandes defesas para salvar os cariocas.

No entanto, aos 24 minutos, não teve jeito. Diego Souza arriscou de longe e Renan espalmou para fora da área, pela esquerda. Anselmo Ramon pegou o rebote e chutou. A bola bateu em um zagueiro, na trave e nas costas do goleiro do Botafogo antes de entrar.

Depois da igualdade, o confronto ficou equilibrado, com as duas equipes marcando melhor. Com isso, os times tiveram mais dificuldade em criar boas chances de gol. Assim, a partida foi para o intervalo com o empate.

Na etapa final, o Cruzeiro voltou melhor e criou a primeira boa chance, aos cinco minutos. Diego Souza foi lançado, deu um corte em Antônio Carlos e chutou, mas o zagueiro conseguiu se recuperar e tocar na bola para escanteio. Três minutos depois, foi a vez de Dagoberto finalizar e obrigar Renan a fazer boa defesa. Só que aos 11, foi o Botafogo que ficou a frente no placar. Nílton cometeu pênalti em Lucas, que Lodeiro converteu com categoria.

Depois do gol, o Botafogo melhorou e por pouco ampliou a vantagem aos 15 minutos. Gabriel pegou rebote e de fora da área arriscou. A bola passou por todo mundo e obrigou Fábio a se esticar e fazer grande defesa. Cinco minutos depois, foi a vez de Vitinho passar por um marcador, entrar na área e chutar cruzado, mas para fora. O Cruzeiro passou a ficar desorganizado em campo, sem conseguir avançar ao ataque.

Os donos da casa tiveram grande oportunidade fazer o terceiro aos 30 minutos. Rafael Marques cruzou rasteiro na direta, a bola passou toda a pequena área e sobrou para o lateral esquerdo Julio Cesar finalizar. No entanto, Egídio apareceu e colocou o pé na linha para salvar o Cruzeiro. A resposta dos mineiros veio três minutos depois quando Dedé se lançou ao ataque e cruzou rasteiro. Luan chegou antes de Bolívar e tocou, mas viu a bola bater na trave de Renan.

O lance animou os cruzeirenses, que conseguiram equilibrar a partida nos minutos finais. Os mineiros ainda esboçaram uma pressão, mas acabaram sem o gol de empate graças a boa marcação do Botafogo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 CRUZEIRO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 1º de junho de 2013 (Sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Evandro Ferreira (GO) e Márcio Maciel (GO)
Cartões amarelos: Renan, Lucas e Marcelo Mattos (Botafogo); Bruno Rodrigo e Leandro Guerreiro (Cruzeiro)
Gols: BOTAFOGO: Lodeiro, aos 6min do primeiro tempo e 11min do segundo tempo
CRUZEIRO: Anselmo Ramon, aos 24min do primeiro tempo

BOTAFOGO: Renan; Lucas, Bolívar, Antônio Carlos e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel (Lucas Zen), Seedorf (André Bahia), Vitinho e Lodeiro (Renato); Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Leandro Guerreiro (Lucas Silva), Nilton, Everton Ribeiro (Ricardo Goulart) e Diego Souza; Dagoberto (Luan) e Anselmo Ramon
Técnico: Marcelo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.