América-MG surpreende em Itu e tira a invencibilidade do Palmeiras na Série B

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Aos 37 minutos do primeiro tempo, Nikão recebeu a bola dentro da área, ganhou da zaga do Palmeiras, que vacilou no lance, e mandou para o gol, fazendo o único tento do duelo

Ainda sem tomar gols na Série B, o Palmeiras defendia sua invencibilidade, neste sábado, diante de uma equipe que ainda não havia somado pontos na competição. Em Itu, diante de 7.747 torcedores, o Verdão recebeu o América-MG, mas acabou surpreendido pelo Coelho. Apesar do domínio ao longo dos 90 minutos, o time do Palestra Itália foi derrotado por 1 a 0 e também perdeu a liderança, que agora é do Figueirense - único time com 100% de aproveitamento.

Aos 37 minutos do primeiro tempo, Nikão recebeu a bola dentro da área, ganhou da zaga do Palmeiras, que vacilou no lance, e mandou para o gol. Bruno ainda tentou a defesa, mas falhou e deixou a bola passar por baixo de seu corpo.

Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
América-MG venceu o Palmeiras pela Série B

Na próxima rodada, o Palmeiras volta a atuar como mandante. Na terça-feira, o Verdão enfrenta o Avaí, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Novelli Júnior. O América-MG joga no mesmo dia, às 21h50, diante do Icasa, no Romeirão, em Juazeiro do Norte-CE.

O jogo
No início da partida, o Palmeiras tentou dominar as ações, mas foi o América-MG que chegou com perigo ao gol adversário pela primeira vez. Aos oito minutos do primeiro tempo, Charles saiu jogando mal, Doriva ficou com a bola, ganhou de Henrique e invadiu a área sem marcação. O goleiro Bruno saiu bem, com os pés, e evitou o primeiro do Coelho.

Aos 20 minutos, Vinícius ganhou a bola no meio-campo e fez o cruzamento para a área. O zagueiro Henrique conseguiu dar um leve toque, dificultando a vida do goleiro Matheus, que ainda se esticou e fez a defesa no canto direito.

O lance animou o time do Palmeiras, que passou a dominar o jogo. Desta forma, o Verdão deu trabalho para Matheus. Aos 22, Ayrton desceu pela direita, o goleiro do América-Mg espalmou para o meio e quase Thiago real completou para o fundo das redes. Aos 27, Wesley, em mais um cruzamento direto para o gol, também levou perigo.

Após a pressão palmeirense, o time mineiro voltou a chegar ao campo de ataque e foi mortal. Aos 37 minutos, o América-MG cobrou um lateral de forma rápida e Nikão apareceu dentro da área. O atacante ganhou de Maurício Ramos e bateu cruzado para o gol. A bola ainda passou por baixo do goleiro Bruno, que não evitou o primeiro do time mineiro.

Na volta do intervalo, o Palmeiras começou a pressionar desde o início da etapa complementar. Logo aos dois minutos, Ayrton encontrou Caio sem marcação dentro da área, o atacante saiu na cara de Matheus, limpou o goleiro e ficou sem ângulo. O jogador ainda tentou o chute, mas mandou para fora.

Cinco minutos mais tarde, o atacante do Palmeiras, que entrou no lugar de Wesley, teve mais uma ótima chance. Márcio Araújo arriscou de longe, a bola explodiu na zaga e sobrou para Caio. O centroavante, livre dentro da área, tentou tirar do goleiro, mas mandou para fora do gol, perdendo a melhor chance do Verdão.

O Palmeiras continuou no campo de ataque, mas pouco conseguia criar para igualar o marcador. Aos 19 minutos, em um dos raros lances de perigo, Vinícius aproveitou o vacilo da defesa adversária e arriscou de longe. Matheus se esticou e foi buscar no canto direito, espalmando para escanteio.

Na tentativa de empatar o jogo, Gilson Klein tirou Vinícius e Thiago Real, promovendo a entrada de Maikon Leite e Ronny. Aos 23, o Verdão teve mais uma chance com Caio e o atacante desperdiçou pela terceira vez. Após cruzamento da esquerda, o centroavante, sem marcação, cabeceou para fora.

Nos minutos finais, o time do Palestra Itália tentou pressionar, mas pouco conseguiu criar. Com a zaga do América-MG bem fechada, o Palmeiras tentava o lançamento para dentro da área, mas não tinha sucesso. Com a bola no chão, o ataque do verdão abusava dos erros de passe.

Já no fim, ainda deu tempo do América-MG voltar a assustar com o atacante Nikão, que recebeu um presente do adversário e invadiu a área. Bruno, no entanto, se redimiu do erro no lance do gol e salvou o Palmeiras, evitando o segundo dos visitantes. Apesar da pressão final, o Verdão não balançou as redes e amargou a primeira derrota na Série B.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 1 de junho de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Zanotti (ambos do ES)
Cartões Amarelos: Danilo, Nikão, Willians (América-MG), Leandro e Henrique (Palmeiras)

Gol:
AMÉRICA-MG: Nikão, aos 37 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Bruno, Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley (Caio) e Tiago Real; Leandro e Vinícius. Técnico: Gilson Kleina

AMÉRICA-MG: Matheus; Leandro Silva, Jaílton, Vitor Hugo e Danilo; Claudinei, Leandro Ferreira, Andrei, Rodriguinho (Bady) e Nikão; Fábio Júnior (Willians). Técnico: Paulo Comelli

Leia tudo sobre: PalmeirasAmérica-MGSérie B 2013igsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas