Rogério Ceni falha em retorno e admite que nunca mais entrará em campo 100%

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Goleiro desfalcou São Paulo na estreia do Brasileiro, mas contra o Vasco falhou em goleada

Rubens Chiri/São Paulo
Rogério Ceni falhou no gol do Vasco

De volta ao gol do São Paulo nesta quarta-feira depois de priorizar tratamento no pé direito por mais de duas semanas, Rogério Ceni foi pouco exigido na vitória por 5 a 1 sobre o Vasco. O único gol adversário no Morumbi surgiu de tentativa errada sua na saída de jogo, já aos 37 minutos do segundo tempo.

Assim que Dakson balançou a rede, o goleiro levantou o braço em sinal de desculpa aos companheiros. Não fosse a falha, sua atuação teria passado intacta, até pelas boas reposições com o pé que machucou no fim de março e que o vem incomodando desde então.

Perguntado ao término do jogo se já estava totalmente livre das dores no local, Ceni se mostrou desesperançoso quanto à recuperação.

"Cem por cento, nunca mais", lamentou. "Mas estou bem melhor do que estava quando joguei os outros jogos, sempre com o tornozelo inchado. Estou com dores na perna, porque parei vários dias, mas estou em treinamento, muito melhor do que já estive neste ano".

Seu contrato com o São Paulo, renovado no fim da temporada passada, vence em dezembro, quando provavelmente encerrará a carreira, aos 40 anos.

Leia tudo sobre: são paulorogério cenibrasileirão 2013igsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas