Em jogo de um tempo só, Atlético-GO vence o Joinville no Serra Dourada

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Depois de uma etapa inicial bem fraca, as duas equipes fizeram um bom segundo tempo, com os goianos fazendo 2 a 1 ao final do duelo

Após a derrota na estreia da Série B, diante do Palmeiras, em Itu, o Atlético-GO jogava pela primeira vez em seus domínios, para se recuperar na competição. Diante de arquibancadas vazias - pouco mais de dois mil torcedores estavam presentes -, o Dragão fez a lição de casa e venceu o Joinville, por 2 a 1, em um jogo de um tempo só.

Depois de uma etapa inicial bem fraca, as duas equipes fizeram um bom segundo tempo. Com Dodó e Pituca, o Atlético-GO abriu dois gols de vantagem, mas Ronaldo descontou para o Joinville. O atacante catarinense, no entanto, perdeu a cabeça e foi expulso no fim, quando sua equipe buscava a reação.

Para se recuperar na competição, o Joinville volta a campo na próxima sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), logo na abertura da terceira rodada, diante do ASA, na Arena Joinville. O Atlético-GO, por sua vez, joga no sábado, às 21 horas (de Brasília), quando encara o Boa Esporte, em Varginha.

O jogo
O clima do Estádio Serra Dourada já indicava que o jogo não seria um espetáculo. As arquibancadas vazias, com cerca de dois mil torcedores, pouco animavam os jogadores, que também não correspondiam em campo e erravam muito, desde o início da partida. Ao longo da etapa inicial, apenas uma chance real de cada ganhou destaque e já no final do primeiro tempo.

Aos 41 minutos, os visitantes quase aprontaram em Goiânia. O volante Marcos Vinícius chegou de surpresa no ataque, arriscou de longe, surpreendeu Márcio e carimbou o travessão. Mesmo com um jogo morno, o Joinville quase abria o placar.

Dois minutos mais tarde, no entanto, o Atlético-GO respondeu e também ficou perto de balançar as redes. O lateral John Lennon puxou o contra-ataque com velocidade pela direita, ganhou da marcação, mas finalizou mal. Sendo assim, as duas equipes chegavam ao intervalo com um empate sem gols.

O segundo tempo começou mais movimentado. O Joinville quase abriu o placar aos sete minutos, mas quem atingiu o objetivo foi o Atlético-GO, um minuto depois. Ernandes recebeu na área e carimbou o travessão. A bola voltou para o meio da área e o volante Dodó apareceu para colocar o Dragão na frente.

A desvantagem fez com que o Joinville partisse para o ataque e a equipe catarinense quase igualou o marcador aos nove minutos. O atacante Ronaldo arriscou de esquerda, a bola ainda tocou na trave, antes de sair à direita do goleiro Márcio, que já estava batido no lance.

Apesar da boa oportunidade catarinense, o Dragão, que já estava em vantagem, teve a chance mais clara de balançar as redes, mas faltou capricho. Aos 15 minutos, John Lennon fez a jogada pela direita, rolou para Pipico, que estava livre na área. O atacante, porém, estava desiquilibrado e não conseguiu pegar bem na bola, mandando para fora.

Se com a bola rolando estava complicado, o Dragão ampliou sua vantagem em uma cobrança de falta. Aos 28 minutos, João Paulo cobrou falta da direita, Pituca subiu de cabeça, ganhou da zaga e colocou no canto, sem chances para o goleiro Ivan.

O resultado, no entanto, não estava decidido, já que o Joinville colocou fogo nos minutos finais da partida. Aos 31 do segundo tempo, Ronaldo recebeu dentro da área, teve tranquilidade, ajeitou para a perna direita e tocou na saída do goleiro Márcio. Era o primeiro do time catarinense no Serra Dourada.

A reação, no entanto, não teve sucesso. O mesmo Ronaldo que havia marcado o gol do Joinville perdeu a cabeça minutos depois e deixou sua equipe com um jogador a menos. Aos 37 do segundo tempo, o atacante agrediu Pipico e recebeu o cartão vermelho, facilitando a vida do Atlético-GO, que garantia o triunfo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X JOINVILLE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 28 de maio de 2013 (terça-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP)
Cartões Amarelos: Edinei (Atlético-GO), Rafinha e Augusto Recife (Joinville)
Cartões Vermelhos: Ronaldo (Joinville)
GOLS:
ATLÉTICO-GO: Dodó, aos oito, e Pituca, aos 28 minutos do segundo tempo
JOINVILLE: Ronaldo, aos 31 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; John Lennon, Ednei, Diego Giaretta e Leonardo (Lucão); Dodó, Ernandes, Caio (Pituca) e João Paulo (Francesco); Pipico e Ricardo Jesus
Técnico: Waldemar Lemos

JOINVILLE: Ivan; Carlos Alberto, Sandro, Diego Jussani e Rafinha; Augusto Recife, Marcus Vinícius, Arthur Maia (Jaílton) e Marcelo Costa(Aldair) ; Ronaldo e Lima (Francis)
Técnico: Arturzinho

Leia tudo sobre: Atlético-GOJoinvilleSérie B 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas