Além do campo, o time mineiro teve que correr atrás do placar, já que começou perdendo por 2 a 0, e teve forças para chegar ao empate

Atlético-PR e Cruzeiro empataram em Curitiba
Heuler Andrey/Agif/Gazeta Press
Atlético-PR e Cruzeiro empataram em Curitiba

O Cruzeiro enfrentou várias dificuldades nesta quarta-feira, duelando contra o Atlético-PR, na Vila Olímpica do Boqueirão, estádio com condições inadequadas na opinião dos jogadores da Raposa, que reclamaram demais do gramado irregular, que prejudicou o futebol dos celestes. Além do campo, o time mineiro teve que correr atrás do placar, já que começou perdendo por 2 a 0, e teve forças para chegar ao empate.

Atlético-PR abre dois gols de vantagem, mas cede o empate ao Cruzeiro

"Jogo complicadíssimo. O Atlético-PR é uma equipe forte jogando dentro de casa, e sabíamos que teríamos dificuldades. Em uma bobeira nossa eles fizeram dois gols, mas corremos atrás, conseguimos empatar o jogo e ainda tivemos algumas chances de sair com a vitória, mas a turma está parabéns. Um campo muito difícil de jogar, muito irregular, muito ruim, não estamos acostumados, mas valeu pela luta de todos", disse o zagueiro Bruno Rodrigo.

O volante Leandro Guerreiro também reclamou bastante do gramado do Boqueirão, e diante das condições inadequadas o jogador acredita que o empate ficou de bom tamanho para o Cruzeiro. Guerreiro frisa que o objetivo é sempre vencer os jogos, mas que conquistar pontos fora de casa é sempre importante.

"Foi importante ter conseguido um ponto aqui. Claro que queríamos a vitória, mas agora é dar sequência no nosso trabalho, e cada vez mais treinar para conseguirmos o nosso objetivo que é sempre se manter lá em cima. O campo é totalmente inadequado para futebol. Um gramado muito feio, mas o importante é que demos uma beliscada fora", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.