Com falhas individuais, América-MG é goleado em casa pelo Figueirense

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O América-MG foi derrotado em casa para o Figueirense, por 4 a 2, e segue sem vencer na competição nacional.

A torcida americana que compareceu nesta terça-feira, no estádio Independência, e que esperava ver uma reação do América-MG na Série B do Brasileiro, acabou presenciando uma série de falhas individuais dos atletas, que comprometeram o rendimento da equipe. O América-MG foi goleado em casa para o Figueirense por 4 a 2 e segue sem vencer na competição nacional.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo atacante Rafael Costa, que mostrou oportunismo para pegar rebote do goleiro Neneca, que soltou uma bola defensável. Antes de qualquer reação, o armador Maylson ampliou o placar após falha incrível do zagueiro Vitor Hugo. Willians e Laércio descontaram para o Coelho, mas Ricardinho e Douglas Silva deram números finais ao jogo.

Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG terá novo compromisso fora de casa, enfrentado o Palmeiras, sábado, no Novelli Júnior, em Itu. Já o Figueirense vai receber Sport, sexta-feira, no estádio da Ressecada.

O jogo

Atuando em casa e precisando de reabilitação o América-MG iniciou a partida pressionando os catarinenses, usando preferencialmente as laterais do campo para agredir os adversários. Apesar da pressão, o gol do Coelho não saiu no começo do jogo, e o Figueira passou a explorar bem os contra-ataques, e em uma dessas jogadas acabou abrindo o placar, surpreendendo os mandantes.

Aos dez minutos, Ricardinho finalizou cruzado, obrigando o goleiro Neneca a se esticar todo para fazer defesa, mas no rebote, Rafael Costa entrou livre na área americana e mandou para as redes abrindo os trabalhos no Independência. O América-MG ainda se recuperava do primeiro gol quando o zagueiro Vitor Hugo falhou incrivelmente, permitindo ao armador Maylson sair na cara do goleiro alviverde para ampliar o marcador no Horto.

A equipe mineira iniciou o jogo com uma postura tática bem definida, mas as falhas individuais acabaram comprometendo o desempenho da equipe. Depois de tomar 2 a 0, o time passou a apresentar instabilidade e nervosismo contra um Figueirense que conseguiu controlar bem a partida, recuando as linhas de marcação e saindo com rapidez para o ataque.

A empolgação do América-MG e da torcida desabou de vez com a forte chuva que castigou o estádio e com falta de reação do time, que encontrou problemas para encaixar boas jogadas ofensivas. As esperanças do Coelho só renasceram aos 44, quando Fábio Júnior escorou uma bola para Willians, que teve que finalizar duas vezes para diminuir o prejuízo.

O gol no finalzinho do primeiro tempo deu confiança para os donos da casa, que voltaram com tudo para a etapa complementar em busca do empate. Jogadores como Nikão e Rodriguinho, que foram figuras decorativas nos primeiros 45 minutos, procuraram dar dinamismo para o setor ofensivo, deixando os mineiros bem mais agressivos.

A ousadia do América-MG teve um preço muito alto, e resultou no terceiro gol do Figueirense, que encaixou uma jogada rápida, que terminou com a conclusão precisa do atacante Ricardinho, fazendo 3 a 1 e dando tranquilidade para os visitantes. Aos 20, após cobrança de escanteio, o zagueiro Douglas Silva aproveitou nova bobeada dos americanos e anotou o quarto dos catarinenses, acabando com as esperanças da equipe alviverde.

No final do duelo, o que viu foi um Figueirense cauteloso para administrar a vantagem obtida, mas com as rédeas do confronto. Ainda teve tempo para o América-MG marcar o segundo gol em um lance que o avante Fábio Júnior, desviou para o atacante Laércio, que mostrou que é artilheiro, mas o gol foi pouco comemorado nas arquibancadas do Independência.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 2 X 4 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 28 de maio de 2013, (terça-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Arbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Alberto Poletto Masseira (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Cartões amarelos: (América-MG) Laércio, Doriva (Figueirense) Ricardo, Ricardinho
Gols: AMÉRICA-MG: Willians, aos 44 minutos do primeiro tempo, e Laércio, aos 31 minutos do segundo tempo
FIGUEIRENSE: Rafael Costa, aos dez minutos do primeiro tempo, Maylson, aos 13 minutos do primeiro tempo, Ricardinho, aos 17 minutos do segundo tempo, e Douglas Silva, aos 19 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Neneca; Leandro Silva, Jaílton, Vitor Hugo e Wanderson; Claudinei, Leandro Ferreira (Doriva), Rodriguinho e Nikão (Sérgio Motta); Willians (Laércio) e Fábio Júnior
Técnico: Paulo Comelli

FIGUEIRENSE: Ricardo; André, Thiego, Douglas e Wellington Saci; William Magrão (Luan), Tinga, Ronaldo e Maylson; Ricardinho (Danilinho) e Rafael Costa (Pablo)
Técnico: Adílson Batista

Leia tudo sobre: américa-mgfigueirensesérie b 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas