Goiás quer 70% do espaço do Serra Dourada contra o Corinthians

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Confrontos entre Goiás e Corinthians são marcados por grandes públicos, principalmente do lado paulista, que conta com grande concentração de torcedores no estado

Futura Press
Goiás não quer que estádio Serra Dourada seja dividido meio a meio no duelo contra o Corinthians

A diretoria do Goiás solicitou, nesta terça-feira, à Polícia Militar que o estádio Serra Dourada não seja dividido meio a meio no jogo contra o Corinthias na quarta-feira às 22h, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O time esmeraldino quer 70% do espaço para mostrar sua força em casa. O ofício assinado por Aledino Montes, coordenador de competições, foi encaminhado ao Coronel Sílvio Benedito Alves, comandante geral da Polícia Militar de Goiás. O documento contém o pedido para que o time alviverde tenha um espaço maior nas arquibancadas e nas cadeiras.

O documento é baseado no artigo 86 do Regulamento Geral de Competições, no qual fala sobre a quantidade de ingressos direcionado ao time visitante.

"O clube visitante terá o direito de adquirir a quantidade máxima de ingressos correspondente a 10% da capacidade do estádio, desde que se manifeste em até três dias úteis antes da realização da partida, através de ofício dirigido ao clube mandante, necessariamente com cópia às federações envolvidas e à DCO", diz o artigo.

A resposta da PM ainda não foi divulgada. Os confrontos entre Goiás e Corinthians são marcados por grandes públicos, principalmente do lado paulista, que conta com grande concentração de torcedores no estado. Em 2005, quando o time alvinegro conquistou o título brasileiro, 43 mil pessoas estiveram no Serra Dourada, com maioria paulista. No último jogo entre os dois times, no fim de 2010, quando o Goiás já estava rebaixado, o público foi de 29 mil torcedores.

Leia tudo sobre: Goiásbrasileirão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas