Após tropeços, Atlético-GO tenta recuperação contra motivado Joinville

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe goiana tenta evitar má fase diante do adversário catarinense, que estreou com vitória na Série B

Sem vencer há três jogos, o Atlético-GO tenta se recuperar e iniciar uma boa sequência na Série B do Campoenato Brasileiro nesta terça-feira, às 21h50 (de Brasília), contra o motivado Joinville, no Serra Dourada, em Goiânia. O jogo é válido pela segunda rodada da competição.

O Dragão, aliás, não fez uma boa estreia na segundona. No último sábado, perdeu para o Palmeiras por 1 a 0, em Itu, e chegou à terceira partida sem vitórias. Antes do jogo com o Verdão, empatou duas vezes com o Goiás perdendo o título do Campeonato Goiano.

"Não sei se está faltando tranquilidade, mas temos de aproveitar os detalhes de cada partida. Se a gente souber explorar os detalhes, nossas chances mudarão", afirmou o técnico do Atlético-GO, Waldemar Lemos.

Apesar da derrota na estreia, o goleiro Márcio elogiou o desempenho da equipe e deu a receita para vencer o Joinville, no Serra Dourada. "Foi uma grande partida e um mal resultado. Para início de competição, foi um bom teste. Se repetirmos esse futebol em casa, estaremos bem para vencer", explicou.Para a partida desta terça, o time goiano deve contar com as voltas do zagueiro Artur e do atacante Pipico, que estavam em fase de recuperação de lesões musculares.

Pelo lado do Joinville, o clima é outro. A equipe catarinense fez uma ótima estreia na Série B ao vencer o Bragantino, dentro de casa, por 3 a 0. Antes disso, o JEC já vinha motivado pelas boas partidas feitas contra o Santos, pela segunda fase da Copa do Brasil, da qual foi eliminado.

"O Santos é muito qualificado e jogamos bem. Série B é diferente, é pegada, times não tão qualificados como o Santos, mas que querem subir, que se doam", analisou o zagueiro Diego Jussani. "Agora tem jogo fora, vamos tirar essa zica de não ganhar longe da Arena", completou o defensor.

Para o jogo contra o Atlético-GO, o Tricolor não poderá contar com 12 jogadores. No jogo de estreia contra o Bragantino, foram 11 desfalques. Além deles, o zagueiro Rafael, machucado, não foi relacionado para o jogo desta terça.

"Complicado, a gente está analisando, está vendo porque isso está ocorrendo. Mas têm algumas contusões traumáticas. Não é por questão de preparo, são circunstanciais. Eu estava tentando formar um grupo para ir para Goiânia, mas vou ter que chamar do júnior para ter banco", afirmou o técnico Arturzinho.

A boa notícia, no entanto, é a presença de Carlos Alberto, que deixou a última partida machucado, mas viajou com o time e vai para o jogo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO X JOINVILLE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 28 de maio de 2013 (terça-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP)

ATLÉTICO-GO: Márcio; John Lennon, Artur (Ednei), Diego Giaretta e Leonardo; Dodó, Ernandes, Robston e João Paulo; Pipica (William Barbio) e Ricardo Jesus.
Técnico: Waldemar Lemos.

JOINVILLE: Ivan; Carlos Alberto (Boiadeiro), Sandro, Diego Jussani (Jacó)e Rafinha; Augusto Recife, Marcus Vinícius, Arthur Maia e Marcelo Costa; Ronaldo e Lima.
Técnico: Arturzinho.

Leia tudo sobre: Atlético-GOJoinvillesérie b 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas