América-MG recebe Figueirense pensando em reabilitação na Série B

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Mineiros perderam na estreia e buscam primeira vitória, enquanto os catarinenses tentam deslanchar no início da Série B

O América-MG estreou com derrota na Série B do Campeonato Brasileiro, mas o time americano apresentou evolução deixando a torcida e o técnico Paulo Comelli animados para a sequência do Coelho. Nesta terça-feira, os mineiros recebem os catarinenses do Figueirense, às 21h50 (de Brasília), no estádio Independência, pensando em reabilitação.

Para o confronto contra o Figueira, o comandante alviverde deverá realizar pelo menos duas alterações na equipe. O recém-contratado Bady deve ganhar uma vaga no meio-campo, setor muito criticado pelo técnico após a derrota na estreia. Na lateral-esquerda, Wanderson deve substituir Danilo, expulso no jogo de sábado.

"Aos poucos, o time vai ganhando força e, com o encaixe que já conseguimos, tenho certeza de que faremos uma boa partida nesta terça-feira. Série B não tem jogos fáceis e contra o Figueirense teremos muitas dificuldades, mas estamos estreando em casa e precisamos da vitória", disse Comelli.

Paulo Comelli não deverá contar por motivos médicos com o armador Rodriguinho e o atacante Tiago Alves. O meia sente dor na coxa direita, enquanto o atacante não enfrentou o Guaratinguetá, por causa da torção no joelho esquerdo.

No Figueirense, o time do técnico Adilson Batista chega embalado pela boa estreia na Série B, ante o América-RN. Conhecido em Belo Horizonte, por ter dirigido o Cruzeiro, Adilson Batista optou pelo mistério, e só vai divulgar a escalação nos vestiários do Independência. A dúvida é entre atuar com dois ou três atacantes fora de casa.O atacante Pablo não ficou em cima do muro e deixou claro que prefere jogar com três atacantes, mas deixa a decisão para o treinador. "Eu sempre gostei de jogar com três atacantes, eu jogando de ponta ou centralizado. Com dois também gosto, mas com três é muito bom, o time fica mais ofensivo. Foi bom a gente ter jogado dessa forma, para mim, para o Ricardinho e para o Rafael", declarou.

Se opção for por atuar com dois atacantes, Pablo não vê problemas e afirma que o importante é o Figueirense vencer. "A gente é um grupo, o Adilson vai escolher e da forma que ele decidir, a gente vai jogar. Se jogar com três, com dois, com um, ele vai escolher e a gente vai jogar, com a vontade de vencer, mesmo sabendo que não será fácil", disse.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X FIGUEIRENSE

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 28 de maio de 2013, (terça-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Arbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Alberto Poletto Masseira (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

AMÉRICA-MG: Neneca; Leandro Silva, Jaílton, Vitor Hugo e Wanderson; Claudinei, Leandro Ferreira, Juninho e Willians; Nikão e Fábio Júnior
Técnico: Paulo Comelli

FIGUEIRENSE: Ricardo; William, Thiego, Douglas e Wellington Saci; William Magrão, Ronaldo e Maylson; Ricardinho, Rafael Costa e Pablo
Técnico: Adílson Batista

Leia tudo sobre: figueirenseamérica-mgsérie b 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas