Goleiro não participa de uma partida desde a goleada sofrida para o Atlético-MG, que eliminou o time do Morumbi da Libertadores

Rogério Ceni, goleiro do São Paulo
MARCELO FERRELLI/Gazeta Press
Rogério Ceni, goleiro do São Paulo

O goleiro Rogério Ceni tem boas chances de reforçar o São Paulo contra o Vasco, na noite de quarta-feira, no Morumbi. Nesta segunda-feira, dia da reapresentação da equipe após a vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, o veterano participou normalmente do treinamento com bola destinado aos reservas - os titulares se exercitaram na academia do CT da Barra Funda.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Cumprimentei o Rogério rapidamente, quando ele estava saindo para o campo. Não me falou nada sobre jogar ou não, mas é claro que seria uma grande volta para a gente", comentou o lateral esquerdo Thiago Carleto, apesar de incentivar o suplente imediato de Ceni. "O Denis foi muito bem contra a Ponte Preta. Temos plena confiança nele."

Rogério Ceni não participa de uma partida desde a goleada sofrida para o Atlético-MG, que eliminou o São Paulo da Libertadores. O goleiro se recuperou de um trauma no pé direito e, conforme o técnico Ney Franco havia adiantado no domingo, está próximo de retornar à equipe.

Apesar do possível reforço de seu capitão, o São Paulo terá outros desfalques contra o Vasco. Ney Franco não contará com o zagueiro Rafael Toloi, reabilitando-se de um estiramento muscular na coxa esquerda, e Edson Silva, expulso diante da Ponte Preta. O companheiro de zaga de Lúcio será Paulo Miranda. Já o novato Roni ganhará uma chance no meio-campo, pois Jadson irá se apresentar à seleção brasileira e Paulo Henrique Ganso segue machucado.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.