Para esquecer Libertadores, Grêmio recebe Náutico pelo Brasileirão

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

A eliminação para o Santa Fé atingiu em cheio o elenco gremista. O meia Zé Roberto chegou a confessar, durante a semana, que pensou em encerrar a carreira

Lucas Uebel/ Divulgação Grêmio
Vanderlei Luxemburgo comanda treino do Grêmio

Ainda abalado pela eliminação na Copa Libertadores, o Grêmio estreia neste domingo no Campeonato Brasileiro em busca de uma vitória que inicie uma campanha de briga pelo título. No Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o time gaúcho recebe o Náutico, do velho conhecido técnico Silas, que treinou o Tricolor em 2010.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A eliminação para o Santa Fé atingiu em cheio o elenco gremista. O meia Zé Roberto chegou a confessar, durante a semana, que pensou em encerrar a carreira, tamanha a frustração pela derrota em Bogotá. A semana foi para lamber as feridas e dar uma nova chance ao técnico Vanderlei Luxemburgo, que permanece na Arena mesmo com a queda prematura na Libertadores.

Pressionado pela torcida, Luxa efetuará ao menos duas alterações no time gremista que vinha jogando a competição sul-americana: Cris, vilão dos torcedores na eliminação para o Santa Fé, deixará o time para a entrada de Bressan. Outro ex-jogador do Juventude também entrará na defesa: é Alex Telles, que assume a lateral esquerda no lugar de André Santos, que deve retornar de seu empréstimo junto ao Arsenal em julho.

Falando em Juventude, é na casa do time caxiense que o Grêmio estreará neste Brasileiro. A Arena, antes mesmo de receber seu primeiro jogo pela competição, já está interditada. O motivo são rojões soltos pela torcida gremista no Gre-Nal da última rodada do campeonato do ano passado, no Olímpico. O clube foi punido com a perda de um jogo no mando de campo, e escolheu o Alfredo Jaconi para mandar a partida deste domingo.

Leia mais: Valores de contratos de TV favorecem hegemonia Rio-SP

A exemplo do Grêmio, que além da eliminação na Libertadores não chegou sequer às finais de turno do Gauchão, o Náutico faz um mau ano até agora. A equipe foi eliminada nas semifinais do estadual e perdeu para o modesto CRAC na Copa do Brasil. Ainda assim, o técnico Silas esbanja otimismo.

"Alguns atletas, sem citar nomes, me deram uma boa resposta em termos de futuro. Claro que a gente precisa evoluir em algumas situações, mas vejo qualidade no grupo", afirmou o técnico, que solicitou reforços e foi atendido pela diretoria, que trouxe os zagueiros Luís Eduardo e João Filipe, ambos ex-São Paulo. Este último, inclusive, vai para o jogo diante do Grêmio.

Ousado, Silas escalará o Timbu com três atacantes no Jaconi para agredir o Tricolor. Para resguardar a defesa, não haverá meias no meio-campo: apenas três volantes. Em relação ao time que empatou com o Sporting na inauguração da Arena Pernambuco, Giovanni Augusto e Adeílson saem da equipe titular para as entradas de Caion e Elton.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X NÁUTICO

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data: 26 de maio de 2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Celso Barbosa de Oliveira (ambos de SP)

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Vargas e Barcos
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

NÁUTICO: Felipe; Maranhão, João Filipe, Luís Eduardo e Josa; Elicarlos, Rodrigo Souto e Martinez; Caion, Rogério e Elton
Técnico: Silas

Leia tudo sobre: GENETBrasileirão Série AGrêmioNáutico

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas