Pressionado, Vasco recebe a Portuguesa na estreia de ambos no Brasileirão

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Os jogadores vascaínos sabem da pressão da torcida e que uma derrota, em casa, pode deixar a torcida ainda mais temerosa

É possível um time estar pressionado logo no primeiro jogo de uma competição? Essa é a realidade do Vasco, que neste sábado faz a sua estreia no Campeonato Brasileiro enfrentando a Portuguesa, às 18h30 (de Brasília), em São Januário.

Carlos Moraes / Agência O Dia
Paulo Autuori, técnico do Vasco

Eliminado de maneira precoce do Campeonato Carioca, o cruzmaltino sabe que precisa fazer bonito para apagar a desconfiança de seus torcedores. Já a Lusa vive uma fase de esperança, uma vez que conquistou a Série A2 do Campeonato Paulista, uma das prioridades para 2013.

Os jogadores do Vasco sabem da pressão da torcida e que uma derrota, em casa, pode deixar a torcida ainda mais temerosa.

"O Campeonato Brasileiro premia aqueles times que conseguem fazer grandes campanhas em casa. Isso por um questão muito simples, já que apenas com uma boa soma de pontos como anfitrião que os bons resultados como visitantes vão fazer alguma diferença. Assim, temos sempre que pensar em ganhar os jogos em casa e contra a Portuguesa isso vai ser muito importante, por se tratar de uma estreia", disse o volante Wendel.

Em termos de escalação, o técnico Paulo Autuori pretende manter a base que derrotou o Tupi-MG por 5 a 1 e o Figueirense por 2 a 1 em amistosos de preparação para o Campeonato Brasileiro. A única dúvida é quanto ao aproveitamento do zagueiro Renato Silva, que se recupera de lesão no músculo adutor da coxa esquerda. Caso ele seja vetado, o lateral direito Nei será improvisado na zaga, com Elsinho ganhando uma oportunidade na lateral direita.

Divulgação/Portuguesa
Souza é um dos destaques da Lusa

Pelo lado da Portuguesa o clima é realmente de esperança. O técnico Edson Pimenta acredita que o entrosamento pode ser uma arma importante para ganhar na estreia.

"Nós temos uma base que disputou a Segunda Divisão do Campeonato Paulista e ter uma base é muito importante. Sabemos que o Brasileirão é bem mais complicado, mas reforços estão chegando e estou confiante em um bom desempenho. A minha expectativa é a de conseguirmos uma boa estreia e isso só será possível com respeito ao adversário, doação em campo e muita aplicação tática", disse Edson Pimenta.

A base será mantida da Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Porém, o atacante argentino Flecha Arraya foi barrado para a entrada do recém-contratado Romão. Ele vai formar dupla com Diogo, que não pôde atuar no Estadual por ter sido contratado depois das inscrições terem sido finalizadas.

FICHA TÉCNICA
VASCO X PORTUGUESA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de maio de 2013 (Sábado)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: Elmo Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Joao Patricio de Araujo (GO)

VASCO: Michel Alves; Nei, Luan, Renato Silva (Elsinho) e Yotún; Sandro Silva, Fellipe Bastos, Alisson e Dakson; Eder Luis e Tenório.
Técnico: Paulo Autuori

PORTUGUESA: Gledson; Luis Ricardo, Lima, Valdomiro, Rogério; Ferdinando, Correa, Souza e Matheus; Diogo e Romão.
Técnico: Edson Pimenta

Leia tudo sobre: genetfutebolcampeonato brasileiroportuguesavascosão januáriocrisepressãotorcida

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas