Atacante chinês se diz feliz no clube paulista, mas afirma que precisa jogar mais vezes para ter chance de ser convocado pela seleção chinesa

Zizao, atacante do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Zizao, atacante do Corinthians

Na última segunda-feira, o meia-atacante chinês Chen Zizao afirmou que esperava jogar mais pelo Corinthians no segundo semestre deste ano. Nesta sexta, o jogador asiático se disse feliz no clube paulista, mas voltou a pedir novas oportunidades de jogo e acabou recebendo um apoio de peso.

"Aqui aprendi muita coisa dentro de campo e fora de campo. Gosto muito do Corinthians, e gostaria de jogar mais aqui. Falta jogar mais para que eu seja convocado (para a seleção chinesa) mais vezes", disse ele à TV Bandeirantes , recorrendo algumas vezes à ajuda de um tradutor.

Em seguida, Emerson Sheik entrou ao vivo, por telefone, para elogiar Zizao e fazer coro ao pedido de mais chances para o jogador chinês.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu fiz questão de ligar para dizer que esse menino merece tudo de bom. Ele é muito especial, tem um carisma especial. E estou de acordo com ele, talvez ele precise de um pouco mais de oportunidade. A gente sabe que o Corinthians tem jogadores de seleção brasileira, mas ele é um cara que, se não for aqui, pode pegar experiência em outro lugar. É muito querido, bonzinho e tem qualidade", afirmou Sheik, que citou ainda a evolução técnica e a vontade de aprender que o meia-atacante mostrou desde que chegou ao Brasil, há um ano e três meses.

Zizao retribuiu os elogios de Emerson - "uma pessoa muito boa" - e ressaltou o carinho que recebe dos colegas de equipe: "Eles me tratam muito bem. Quando eu pergunto alguma coisa, eles me respondem. Mesmo se eu não pergunto, eles falam comigo, perguntam se entendi tudo". E também lembrou da torcida corintiana, que constantemente o apoia. "Cheguei aqui e, depois de poucos dias, já senti diferença para a China, é outra cultura de torcidas. Nos jogos que fui ao Pacaembu, senti muito (o apoio da torcida)", encerrou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.