Decepcionados, jogadores do Coritiba admitem que jogo de ida foi fatal

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O zagueiro Leandro Almeida também acredita que o classificado foi definido no jogo de ida e ainda lamentou as oportunidades desperdiçadas na partida.

Acabou as pazes entre torcida e Coritiba, que no final de semana comemorou o tetracampeonato estadual, mas nesta quinta-feira foi eliminado precocemente da Copa do Brasil para o Nacional (AM). Aos gritos de ‘olé’ e ‘queremos jogador’, o time alviverde saiu do Couto Pereira vaiado após a insuficiente vitória por 1 a 0. O meia Alex, um dos poupados e dos poucos que falaram na saída do gramado, não escondeu a decepção.

"Vejo com muita tristeza. O time lutou muito, correu. Fomos para frente, tentamos, mas é dificil reverter três gols. A eliminação foi decida no primeiro jogo", disse o garoto de ouro coxa-branca, que perdeu uma cobrança de pênalti no segundo tempo. "Escorreguei. Tinha um buraco ao lado da marca", explicou.

Coritiba derrota o Nacional-AM em casa, mas é eliminado da Copa do Brasil

O zagueiro Leandro Almeida também acredita que o classificado foi definido no jogo de ida e ainda lamentou as oportunidades desperdiçadas na partida. "Tomamos aquela quatro gols em Manaus e hoje foi complicado. Nosso time conseguiu criar muitas oportunidades, mas não conseguiu fazer os gols", avaliou.

Agora, pressionado, o Coritiba fará sua estreia na Série A do Campeonato Brasileiro, domingo, diante do Atlético Mineiro, no Alto da Glória. Um tropeço deve agravar a crise no momento em que a torcida já questiona a diretoria, a falta de reforços e o trabalho do técnico Marquinhos Santos.

Leia tudo sobre: coritibacopa do brasil 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas