Tetracampeão, Muricy inicia Brasileiro sem time competitivo e pedindo reforços

Por Bruno Winckler - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Maior campeão dos pontos corridos, técnico do Santos prevê dificuldades para voltar a brigar por título depois de dois anos

Flickr/Santos F.C.
Muricy Ramalho pede reforços para levar Santos a boa campanha no Brasileirão

O técnico que mais levantou taças do Brasileirão por pontos corridos inicia o terceiro torneio seguido sem muitas perspectivas de repetir o feito. Tricampeão pelo São Paulo (2006, 2007 e 2008) e uma vez com o Fluminense (2010), Muricy Ramalho passou longe da taça em  2011 e 2012, se viu longe da disputa e chega para mais um torneio reconhecendo as limitações do Santos.

Em 2011, com o título santista na Libertadores, o Brasileirão ficou em segundo plano por conta da disputa do Mundial de Clubes. As cobranças a Muricy não foram tão grandes e o Santos terminou em 10º.

"O Brasileiro é um campeonato importante, com cinco, seis meses de duração. Para aguentar, é preciso ter plantel", disse Muricy, admitindo que as atuais opções no Santos não são suficientes para fazer bom papel no torneio. Tanto no São Paulo como no Fluminense ele contou com bons e numerosos elencos para levar o título.

Leia também: Torcedores do Santos lançam campanha "Esse time não me representa"

A perda do título mundial para o Barcelona não alterou o status do técnico, mas a queda na Libertadores de 2012, mesmo após outro título paulista, aumentaram a pressão por bom desempenho no Brasileirão do ano passado. O oitavo lugar e a consequente ausência da Libertadores de 2013 só fazem com a campanha deste ano seja imprescindível  para a permanência de Muricy no cargo. Torcedores do clube chegaram a "vender" o técnico.

A provável saída de Neymar e a ausência de outros jogadores com condições de conduzir a equipe acendem o alerta do treinador. "Tem diversos jogadores assediados. É normal isso em todas as janelas. Vai acontecer com todos os times. Sempre que se abre a janela, tem um movimento aqui no Brasil. Não só no Santos, mas em outros clubes. É uma coisa natural. A gente não sabe quais são os jogadores, mas são vários"

Muricy Ramalho pede calma ao São Paulo em sua reestreia no comando do time, em 12 de setembro, diante da Ponte Preta. Foto: Futura PressMuricy Ramalho voltou ao comando do São Paulo em setembro e chegou ao CT da Barra Funda acompanhado pelo vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes. Foto: Futura Press/Léo PinheiroMuricy Ramalho responde as perguntas dos jornalistas, durante a coletiva no CT da Barra Funda (10/9). Foto: Divulgação/São Paulo FCMuricy Ramalho demonstrou bom humor em sua primeira coletiva como novo técnico do São Paulo. Foto: Divulgação/São Paulo FCO técnico Muricy Ramalho sorri em sua apresentação como novo treinador do São Paulo. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressMuricy Ramalho volta a ser treinador do São Paulo após período sem time. Foto: Futura Press/Léo PinheiroMuricy Ramalho estava sem time desde que deixou o Santos, no final de maio deste ano. Foto: RENATO SILVESTRE/Gazeta PressMuricy Ramalho em treino do Santos na Vila Belmiro, em maio. Foto: Ricardo Saibun/Divulgação SantosMuricy Ramalho comanda o Santos na semifinal do Campeonato Paulista deste ano. Foto: Ricardo Saibun/ Gazeta PressO preparador físico Ricardo Rosa e o técnico Muricy Ramalho conversam durante treinamento no CT Rei Pelé, em abril de 2013. Foto: Flickr/Santos F.C.Muricy Ramalho deixou o comando do Santos no dia 31 de maio. Foto: Gazeta PressNesta temporada, Muricy Ramalho buscava o tetra do Paulista com o Santos, mas perdeu para o Corinthians na final. Foto: Futura PressNeymar joga ovo e água em Muricy Ramalho no seu aniversário, em novembro de 2012. Foto: Gazeta PressTécnico Muricy Ramalho dá coletiva ao lado da taça da Recopa Sul-Americana, seu 4° título pelo Santos. Foto: Francisco De LaurentiisMuricy Ramalho ganhou um carro como prêmio pela conquista da Copa Libertadores da América 2011. Foto: DivulgaçãoMuricy Ramalho comandou o Fluminense entre 2010 e 2011, antes de assumir o Santos. Foto: PhotocameraTécnico durante o período à frente do Fluminense. Foto: Gazeta PressTreinador chegou ao time carioca em 2010. Foto: PhotocameraCelso Barros participa da apresentação de todos grandes nomes que chegam ao Flu, como com Muricy Ramalho em 2010. Foto: PhotocameraSão Paulo também faz parte do currículo do treinador. Foto: VipcommRogério Ceni ao lado de Muricy Ramalho em 1996. Foto: Gazeta Press


Leia tudo sobre: santosmuricy ramalhobrasileirão 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas