Atacante lançou projeto de auxílio à população sem acesso a água potável, chegou com mais de uma hora de atraso a evento e perdeu início do treino do Santos

Neymar despista sobre seu futuro
Paulo Whitaker/Reuters
Neymar despista sobre seu futuro

Neymar se atrasou em mais de uma hora a evento nesta quinta-feira, em hotel de Santos, em que lançou a participação do seu instituto no projeto Sede de Vencer, que auxilia pessoas sem acesso a água potável em todo o mundo. O evento estava marcado para as 14h30, mas Neymar só chegou ao local às 15h50, 10 minutos antes do horário marcado para o início do treino do Santos no CT Rei Pelé.

Comente esta notícia com outros torcedores

“É um dia importante, o primeiro passo, a primeira ação que estamos fazendo. A felicidade é muito grande, quer ajudar muita gente. Como um dia foi ajudado e agente quer ajudar a todos. Agora tenho de correr que tenho que treinar”, disse Neymar, antes de fazer uma demonstração do filtro e deixar o salão do hotel Parque Balneário sem responder perguntas sobre seu futuro no futebol.

“Essa bucha eu deixo para o meu pai”, disse Neymar, às 16h06, hora em que deixou o evento. Neymar, o pai, disse que todas informações sobre a negativa do Santos à venda do atacante ao Barcelona que ele toma conhecimento são as veiculadas pela imprensa.

“Odílio (Rodrigues) e Luis Álvaro (diretores do Santos) é quem devem responder. Eu não tenho acesso. Se fosse o representante do Santos eu falaria”, disse o pai de Neymar.

Leia mais : Goleiro do Joinville entrega “confissão” de Neymar: "Ele falou que não dá mais"

O projeto Sede de Vencer é uma parceria com uma ONG americana, Waves for Water, que cria filtros que transforma água suja em potável. Um dos patrocinadores de Neymar é quem coordena a campanha junto ao instituto do atacante.

O projeto será lançado também durante a Copa das Confederações em cinco cidades que sediam jogos, exceto Recife. O instituto ajudará diferentes comunidades a terem acesso a água potável. No total, mais de 85 mil pessoas serão beneficiadas. Isso será possível com a distribuição do sistema de filtragem da ONG.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.